Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

EDAB “deve ser extinta” porque "já não tem objecto"

O presidente da Empresa de Desenvolvimento do Aeroporto de Beja (EDAB) defendeu hoje que a empresa devia ter sido extinta "há muito tempo", porque terminou a missão e "já não tem objecto" e, por isso, "não faz sentido".
"O que a EDAB tem defendido, e já expôs ao Governo, é que a empresa deve ser extinta e julgo que é essa a decisão que o Governo vai tomar", disse José Queiroz, que ainda não foi "informado oficialmente" sobre a decisão do Executivo de Pedro Passos Coelho.

A EDAB está na lista de organismos públicos que o Governo pretende extinguir.

Alentejo nomeado novamente para a categoria de Melhor Região de Turismo Nacional

 

…  dos Publituris Travel Awards 2011, considerados como os Óscares do Turismo em Portugal, depois de, no ano passado, ter conquistado o prémio da referida categoria. A votação para os galardões da indústria do turismo nacional está a decorrer online até ao próximo dia 31 de Julho, na página oficial do evento.

Para além da nomeação, o Alentejo é ainda anfitrião da gala de revelação e entrega dos Publituris Portugal Travel Awards 2011, cuja cerimónia se realiza na cidade de Évora, a 9 de Setembro.

Futuro do Parque de Feiras e Exposições de Beja continua a gerar polémica

A ACOS, entidade promotora da OVIBEJA, considera que “subjacente à extinção da ExpoBeja, está o grande projecto encomendado pela Câmara Municipal de Beja”, que prevê a criação do “Beja Air Discovery Park” no Parque de Feiras e Exposições e que “a OVIBEJA e outros eventos, irão recuar 15 anos e passarão a ser feitos como então, em tendas de circo e outras tendas amovíveis, em recinto de terra”, nos terrenos adjacentes ao Parque.

Jorge Pulido Valente garante que os receios da ACOS são “completamente infundados”, acrescentando que o projecto a que se refere Castro e Brito é um estudo feito por uma empresa privada e assegura que “não há qualquer seguimento desse estudo em termos da sua concretização”.

ACOS apela ao “bom senso”  na eventual extinção da empresa gestora do parque de feiras, afirmando Castro e Brito que “Não se pode primeiro decidir extinguir e depois logo se vê. Isto é uma posição muito leviana”.
Jorge Pulido Valente afirma que, a confirmar-se a extinção, “está tudo em aberto” para se encontrar “o melhor caminho” para a gestão do parque e que seja o “mais consensual” entre a Câmara e a ACOS e o que “melhor sirva os interesses do concelho” e que o processo de extinção “será longo” e, durante o processo, “encontraremos um modelo de gestão” do parque, que inclui infra-estruturas dos dois accionistas, disse o autarca, referindo que “há propostas para discutir com a ACOS”, como ser uma das entidades a gerir tudo ou cada uma a gerir o seu património.

Daqui não saio, daqui ninguém me tira (José Ernesto da Câmara de Évora)

Em declarações à edição de hoje do semanário "REGISTO" o presidente da Câmara Municipal de Évora dá a entender que tem tido pressões dentro e fora do PS para abandonar o cargo antes do fim do mandato, dizendo que "não lhes darei esse prazer, tanto aos meus adversários políticos como àqueles que não me apoiam dentro do meu partido”.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Não senhor! O desenvolvimento do Baixo Alentejo ar...

  • Anónimo

    E não é só o hospital, a cidade e a região também ...

  • Anónimo

    Afinal é ou não verdade que o Hospital de Beja “co...

  • Zé LG

    Contactando a CMB. Mas atenção à data da notícia.

  • Anónimo

    Servirá sobretudo e na melhor das hipóteses, para ...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds