Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Francisco Louçã chega a Beja de AUTOMOTORA A caminho do Festival Islâmico de Mértola

Em 20 de Maio, sexta-feira, Francisco Louçã está no distrito de Beja.

Em resposta à interpelação feita na OVIBEJA pelo movimento de cidadãos em defesa do serviço público ferroviário, a comitiva bloquista (com Dinis Cortes e outros candidatos pelo círculo de Beja) vai conhecer ao vivo as condições que a CP destinou aos passageiros da linha do Alentejo.

 

A partida (se não houver atrasos) está marcada para as 14.55, na estação de Vila Nova da Baronia, com paragem em Alvito às 14.02, em Cuba às 14.13 e chegada a Beja às 14.28.
Quem seguir viagem chegará à Funcheira às 15.24.

De Beja, a caravana bloquista ruma ao Festival Islâmico de Mértola onde, às 16 horas, na Biblioteca do Centro de Estudos Islâmicos, decorrerá o lançamento do livro de Francisco Louçã:
"Portugal Agrilhoado - A economia cruel na era do FMI".

FMI impede realização da Ryder Cup 2018 na Comporta

Pedro Paredes, presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, admitiu que a candidatura portuguesa, que previa a realização da prova na Herdade da Comporta, foi enfraquecida pela questão “do FMI e do pedido de ajuda externa ao Banco Central Europeu”.

Também Carlos Beato, presidente da Câmara Municipal de Grândola e do Pólo de Desenvolvimento Turístico do Litoral Alentejano, admitiu que a derrota da candidatura portuguesa deixou um “sabor amargo”, atribuindo-a à “imagem que se criou à volta de Portugal”, que foi mais determinante do que o valor do projecto vencedor, da França.

Alentejo assolado por chuvada forte, acompanhada de trovoada

A forte chuvada, acompanhada de trovoada, que fustigou hoje de manhã a região do Alentejo provocou algumas inundações nas zonas de Avis, Montemor-o-Novo e Arraiolos, sobretudo em vias públicas.

No distrito de Évora, os bombeiros foram chamados, ao início da manhã, para seis inundações em Montemor-o-Novo e Arraiolos, tanto em habitações, como em vias públicas, mas sem registo de quaisquer casos graves.

No distrito de Portalegre, os bombeiros registaram hoje de manhã três inundações em vias públicas no concelho e Avis, também sem gravidade.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Muitos daqueles que foram bater palminhas ao Antón...

  • Anónimo

    O resultado em Beja só teria importância se a CDU ...

  • Anónimo

    O PSD de Rui Rio não será chupista! Por isso ele t...

  • Anónimo

    Na apresentação da candidatura do Henrique Silvest...

  • Ana Matos Pires

    Sim, uma alimentação saudável é um factor importan...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds