Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Assim se vê quem manda em Portugal

Zé LG, 06.04.11

 

Bastou que os maiores bancos viessem a público dizer que era o momento de Portugal pedir “ajuda” financeira à Comissão Financeira/FMI para o primeiro-ministro José Sócrates anunciar que o governo decidiu fazer o que sempre dissera que não faria. E fê-lo como sempre faz – responsabilizando “os outros” por terem tornado tal pedido inevitável…

O capital financeiro e a Senhora Merkel agradecem gesto e o Povo português vai pagar com “língua de palmo e meio” mais este serviço prestado por José Sócrates e o PS aos senhores do dinheiro, a quem servem com total devoção. Com a bênção do PR, Cavaco Silva, e de Passos Coelho e do PSD, que tão insistentemente se bateram para que tal acontecesse.

Já vale tudo em política?

Zé LG, 06.04.11

“Não vale tudo. Há limites de ética e decência na política. Como cidadão fiquei boquiaberto. Perturbado”, reagiu, com indignação, Bagão Félix, perante a afirmação do primeiro-ministro de que não teria sido discutida a possibilidade de Portugal pedir um empréstimo intercalar no Conselho de Estado, como noticiaram vários órgãos de comunicação social.

Sobre este episódio pronunciaram-se ainda Almeida Santos e Carlos César (ambos dirigentes do PS), acusando Bagão Félix de ter falado em público sobre o que foi tratado no Conselho de Estado, e António Capucho (PSD), a confirmar o que o novo membro do Conselho de Estado disse.

Por outros episódios verificados nos últimos tempos parece não restarem muitas dúvidas sobre quem mentiu…