Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Março em Teatro com Lendias d’Encantar

 

O destaque desta semana vai para o espectáculo “O Rei Imaginário ou a ausência de Deus”, pela companhia Varazim Teatro, no dia 12 na Casa da Cultura, com início marcado para as 21h30. Hoje, às 18h30, a Lendias d’Encantar vai participar nas “Conversas com B de Beja”, na Biblioteca Municipal José Saramago, tendo como tema “Teatro e Comunidade”.

Durante o fim-de-semana continuam os ateliers, iniciados na semana anterior, para crianças (dia 12) e jovens (dia 13), enquanto que nos dias 14, 16 e 18 irá decorrer o atelier para adultos, na Casa da Cultura às 21h30.

Para saber mais sobre o Lendias d’Encantar clique aqui.

 

Protesto da Geração À Rasca é já amnhã

 

É já amanhã que se realiza o Protesto da Geração à Rasca, com concentrações previstas para Lisboa e Porto e, pelo menos, para mais nove cidades, que tanta expectativa está a gerar, pelas consequências que pode ter.

Depois dos “Homens da Luta” terem ganho o Festival da Canção, que tanta polémica gerou, da tomada de posse de Cavaco Silva como Presidente da República, em que apelou à participação dos jovens, e de ter sido chumbada pelo PS, que contou, mis uma vez com a colaboração da direita que se absteve, a moção de censura ao governo e de estarem convocadas outras concentrações e manifestações, a realização deste Protesto poderá ter consequências que ultrapassem as expectativas que está a gerar.

A confirmação de quase 60.000 participantes no Protesto, feita aqui, é bem a prova da dimensão que atingiu e do que pode traduzir.

Veja notícias aqui.

Professores voltam ao protesto, amanhã no Campo Pequeno

 

Os professores, educadores e investigadores, assumindo as suas responsabilidades no sistema e nas escolas e tendo em conta as consequências imediatas das medidas em curso no exercício da sua profissão e no próprio emprego – recordando-se que entre 30.000 e 40.000 horários de trabalho serão eliminados nas escolas até Setembro próximo – no dia 12 de Março voltarão a um dos espaços mais simbólicos do seu protesto e da sua luta: o Campo Pequeno.

Os professores vão de novo encher o Campo Pequeno numa grande manifestação de descontentamento e exigência que marcará um novo ciclo de uma luta que, verdadeiramente, nunca terminou, e vai conhecer, uma vez mais, uma forte expressão de rua.

Mas os docentes reforçarão a sua acção através da participação em outras acções, designadamente: Veja aqui.

 

Comentários recentes

  • Anónimo

    Deve haver algum ruído de fundo e bem forte, ou en...

  • Anónimo

    Não sei?Mostre lá um único estudo ambiental sobre ...

  • Anónimo

    Tão mauzinho!

  • Anónimo

    O Grupo que controla a UCASUL quer criar uma nova ...

  • Ana Matos Pires

    Explique-me lá o que não percebe, pf.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds