Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

A electrificação da Linha “reposiciona” Beja

… não só no “todo nacional” como no “todo Ibérico”, explicou Manuel Tão, Investigador da Universidade do Algarve na Área de Economia de Transportes e de Planeamento Regional, que defendeu que “é imperiosa a modernização do caminho-de-ferro para uma região como Beja”, sustentando a electrificação dos 115 quilómetros em falta entre Casa Branca e a Estação de Ourique, que tem um “investimento ridículo”, que não tem “qualquer tipo de expressão” quando comparado com outros investimentos, tratando-se de um investimento “perfeitamente exequível”.

Descoberta em Beja uma das maiores necrópoles do período Islâmico em Portugal

… nas obras de modernização da Escola Secundária Diogo de Gouveia, tendo já sido encontrados 250 esqueletos, revelou Raquel Santos, a coordenadora dos trabalhos arqueológicos, que decorrem desde Novembro de 2009.

Estes achados vieram confirmar a hipótese avançada pelos arqueólogos Cláudio Torres e Santiago Macias, nos anos 90, quando admitiram a existência de uma necrópole islâmica próximo das muralhas que circundavam e circundam o centro histórico de Beja e que se estenderia para o espaço onde está a escola Diogo de Gouveia.

Alentejano ganhou Prémio Rei de Espanha

João Francisco Guerreiro, alentejano natural de Castro Verde, jornalista da TSF (e antes da Rádio Castrense), acaba de ganhar o Prémio Rei de Espanha - um dos prémios mais importantes de jornalismo de expressão latina –, na categoria Rádio (no valor de 6 mil euros), com a reportagem "Missão Haiti", onde se relatam os primeiros socorros após o grande terramoto de há um ano atrás.

Patinadoras alentejanas na Europa Cup 2011

Marta Nunes (Beja) e Andreia Nicolau (Sines) são duas atletas internacionais portuguesas de Patinagem de Velocidade, originárias do Alentejo, com resultados no top 10 em Campeonatos da Europa e diversas competições internacionais, ao serviço do Clube de Patinagem de Beja e da Selecção Nacional.

Além da sua habitual participação em campeonatos nacionais, esta época propuseram-se a um novo desafio ainda mais ambicioso: Europa Cup 2011! Trata-se de uma competição realizada pela primeira vez na Europa, constituída por 10 torneios por todo o velho continente.

 

“Luto pela presença nos Jogos Olímpicos de 2014”

 

Os patins foram sempre o seu mundo e a velocidade é a disciplina que a fascina. Marta Nunes, patinadora bejense, prepara-se na Holanda para os Jogos Olímpicos de Inverno de 2014, na Rússia, na modalidade de velocidade no gelo. Mas não esconde a sua enorme dedicação ao Clube de Patinagem de Beja, o emblema que a projectou.

Marta Nunes, 27 anos, é uma atleta alentejana de gabarito internacional. Os seus primeiros passos foram dados no Clube de Patinagem de Beja, cuja camisola vestiu aos oito anos. A sua ascensão tem sido meteórica e os títulos avolumam-se. Natural de Beja, Marta Nunes fixou-se recentemente na Holanda, onde prepara com rigor a presença nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2014, na modalidade de velocidade no gelo, uma experiência nova que a atleta abraçou da alma e coração. Paralelamente, terminou o mestrado em Ciências do Desporto, com especialização em jogos desportivos colectivos.

Ver entrevista aqui.

Comentários recentes

  • Anónimo

    ????????????????????

  • Anónimo

    Ninguém comenta a capa verde?

  • Anónimo

    Obrigado caro amigo. Um grande abraço. Ricardo (Se...

  • Ana Matos Pires

    Sim, vai seguir mail e o jornal fará o que entende...

  • Anónimo

    Dra,, esse reparo devia ser enviado directamente a...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds