Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Montemor-o-Novo contra o corte nas credenciais de transporte

A Comissão de Utentes dos Serviços Públicos de Montemor-o-Novo está a  dinamizar um abaixo-assinado contra o corte nas credenciais de transporte.

Desta forma, a Comissão de Utentes, no dia 5 Fevereiro (nos supermercados da cidade) e no dia 7 Fevereiro (frente ao Centro de Saúde)  irá efectuar acções especiais de recolha de assinaturas.

A 12 de Fevereiro a Comissão de Utentes irá organizar uma concentração, às 15h00, em frente à entrada do Centro de Saúde, (Rua Dr.º João Luís Ricardo).

ERVAS DA BARONIA - PRAZERES À MESA COM ERVAS DO CAMPO em Alvito

O ciclo gastronómico “As Ervas da Baronia”, nesta época do ano dedicado aos espargos, catacuzes e carrasquinhas, decorre no concelho de Alvito entre 7 e 13 de Fevereiro.

Fevereiro é dedicado aos espargos, catacuzes e carrasquinhas, Junho às beldroegas e o final de Outubro aos poejos, coentros, hortelã e outras ervas aromáticas.

Abrimos-lhe o apetite com a versatilidade dos pratos que os restaurantes aderentes irão dar a provar:

cozido de grão com carrasquinhas,

açorda de catacuzes com queijo de cabra

sopa de espargos bravos

migas de espargos com carne de alguidar

bochechas de porco com puré de espargos

feijão manteiga com catacuzes e carrasquinhas

Visite-nos e deixe-se seduzir pelos sabores saudáveis do campo… para saborear devagar

restaurantes

cartaz

 

Retirado daqui.

Guerra Colonial começou há 50 anos

A 4 de fevereiro de 1961, um grupo constituído por centenas de populares, com ligações ao MPLA e à UPA, de Holden Roberto, avançou armado de varapaus e catanas contra as prisões de Luanda onde estavam detidos nacionalistas, tentativa prontamente repelida pela polícia e exército coloniais.

50 anos depois da revolta, o SAPO esteve à conversa com Joaquim Furtado, distinguido com o Grande Prémio Gazeta 2007, atribuído pelo Clube dos Jornalistas, pela série de reportagens sob o título genérico "A Guerra", transmitidas pela RTP, que recupera imagens de arquivo da RTP, algumas inéditas, e exibe depoimentos de militares portugueses, colonos e combatentes dos movimentos de libertação das colónias portuguesas.

Veja aqui informações e depoimentos sobre o tema.

Câmara da Vidigueira firme na implantação do Plano de integração da comunidade de etnia cigana

 

A Câmara Municipal de Vidigueira procedeu ontem, com o apoio da GNR, à demolição de barracas clandestinas, construídas por diversas famílias de etnia cigana, que têm tentado fixar-se naquela vila, em terrenos municipais, para beneficiarem do Plano de integração da comunidade definido pela autarquia.

Manuel Narra, presidente da Câmara de Vidigueira, afirma que a comunidade cigana tem direitos e deveres que deve cumprir, realçando que o Plano não passa por alojar elementos com residência noutros pontos do país, pelo que a Câmara procedeu à demolição de barracas clandestinas, à limpeza de terrenos e à apreensão de animais que se encontravam em perímetro urbano, violando os regulamentos municipais.

 

Estrada de Santa Luzia / São Romão arranjada

 

Há dois meses e meio, perguntei aqui: Até quando a estrada de Santa Luzia vai continuar a degradar-se por falta de manutenção?”, concluindo que “A manter-se a situação actual, é melhor a Câmara Municipal de Alvito preparar-se para uma grande reparação da estrada depois deste Inverno...”.

Pouco tempo depois, e ainda durante o Inverno, aquela grande reparação começou e está quase pronta.

Portalegrenses abastecem-se em Espanha

 

O recente aumento do IVA dos 21 para os 23 por cento, faz com que cada vez mais portugueses se desloquem até Espanha para abastecer as suas viaturas. Bem perto da Fronteira de Galegos (Marvão), em Valência de Alcântara, está um posto de combustível da Repsol, onde centenas de habitantes do Distrito de Portalegre fazem fila ao longo de toda a semana e, principalmente, ao fim-de-semana, para abastecer os seus veículos, aproveitando desde logo para adquirir outros bens, como é exemplo do gás.

 

Comentários recentes

  • Anónimo

    Muitos daqueles que foram bater palminhas ao Antón...

  • Anónimo

    O resultado em Beja só teria importância se a CDU ...

  • Anónimo

    O PSD de Rui Rio não será chupista! Por isso ele t...

  • Anónimo

    Na apresentação da candidatura do Henrique Silvest...

  • Ana Matos Pires

    Sim, uma alimentação saudável é um factor importan...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds