Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

USDB promove «Tribuna Pública» amanhã, em Beja

 

A União dos Sindicatos do Distrito de Beja (USDB) promove amanhã, 27, pelas 10h00, nas Portas de Mértola, em Beja, uma «Tribuna Pública» inserida na Semana de Luta da CGTP/IN, que decorre em todo o País de 24 a 29, na sequência das decisões do mais recente plenário nacional daquela central sindical, com o principal objectivo de protestar contra «a situação social que nos querem impor com mais um pacote de políticas contra os trabalhadores e o povo».

IPBeja avança com criação de incubadora de empresas de Base Tecnológica

 

O Instituto Politécnico de Beja (IPBeja) assina, hoje, o contrato de aprovação do Programa Estratégico do Sistema Regional de Transferência de Tecnologia, candidatado ao Eixo 1 do INALENTEJO, por um consórcio do qual também fazem parte a UÉ, o IPSantarém, o IPPortalegre, as Câmaras Municipais de Beja, Évora, Portalegre, Santarém, Nisa e Elvas e as instituições pertencentes ao Sistema Científico e Tecnológico Nacional situadas na região NUT II.

Ao nível do Baixo Alentejo, o IPBeja assume-se como promotor da rede, em parceria com o LNEG, a Lógica, SA/Parque Tecnológico de Moura, o CEBAL, o COTR, a Câmara Municipal de Beja e o NERBE-AEBAL.
O IPBeja vai fazer no início de Fevereiro a apresentação dos projectos que serão desenvolvidos no distrito no quadro desta parceria regional, entre os quais está se inclui a criação de uma incubadora de empresas de Base Tecnológica.

Évora recebe Data Centre e Centro de Investigação em Tecnologias de Informação

 

A cidade de Évora vai acolher um dos mais importantes e inovadores centro de dados a nível mundial e um centro de investigação em tecnologias de informação que vai, numa fase inicial, criar cerca de 35 postos de trabalho altamente qualificados, com o intuito de contribuir para a fixação dos jovens na região.

O projecto - dos quais têm sido promotores principais a Câmara Municipal de Évora, a Universidade de Évora, a Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo e a Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central – vai ser executado pela conhecida multinacional HP - Hewlett Packard Portugal e pela DECSIS SA, especialista na prestação de serviços de tecnologias de investigação, com um investimento previsto de cerca dois milhões de euros e estará em operação total a partir de Abril de 2011.

A sua sede está a ser instalada nos terrenos do Parque Industrial e Tecnológico de Évora (PITE), mais concretamente junto ao futuro Parque de Ciência e Tecnologia (PCTA), num lote de terreno com 2.394m2 onde estão em construção 1.250m2, desde Dezembro de 2010, e que virá consolidar a capacidade da cidade em atrair investimentos de empresas tecnológicas.

A escolha da cidade de Évora deveu-se ao facto desta ser alimentada por dois ramais, um que vem de Sines e outro que vem de Setúbal, “o que não é normal nas outras cidades do país. Quando falha a luz ficamos às escuras e não podemos ficar sem energia eléctrica e, aqui, estamos salvaguardados”.

Contra um (maior) isolamento de Beja

Reúne esta noite, às 21h00, no Auditório da Biblioteca Municipal de Beja, a Assembleia Municipal de Beja, em sessão extraordinária aberta à participação do público, para debater o futuro das ligações ferroviárias à Cidade.

Não vou poder participar, por motivos pessoais, mas reafirmo a minha disponibilidade para apoiar todas as acções que tenham por objectivo o combate a um ainda maiorisolamento de Beja e a defesa de melhores ligações, neste caso, ferroviárias à Cidade, colocando o Alvitrando à disposição para a sua divulgação.

 

Veja e assine aqui uma Petição “RAMAL DE BEJA E OUTRAS DORES DE ALMA”.

 

ADENDA: O movimento de cidadãos vai hoje tomar de assalto a Estação de Beja, para “alertar e sensibilizar toda a comunidade” para as consequências das pretensões da CP em acabar com as ligações directas a Lisboa.

Florival Baiôa, presidente da Associação de Defesa do Património de Beja, apela à população para que compareça na Estação de Beja, hoje, pelas 19h30, para assistir ao “maior assalto da história da cidade de Beja” - uma representação teatral “simbólica” de contestação ao alegado fim dos comboios directos para Lisboa.

“Não descansaram enquanto não pressionaram a saída de José Filipe Murteira”

Não tenho nem nunca tive uma relação de convívio com José Filipe Murteira, antigo Director/Programador do Pax Julia Teatro Municipal. E muitas vezes tive com ele divergências de opinião, de visão e de critérios. Mas sempre lhe reconheci respeito pela minha opinião e o seu profissionalismo. Muito profissionalismo.

Mas há coisas que me revoltam! Uma meia dúzia de pacóvios, que não conhecem as artes mas que opinam sobre tudo, que não reconhecem a diferença positiva do Pax-Júlia na programação a sul de Portugal, não descansaram enquanto não pressionaram a saída de JFM. Deveria sair? Talvez. Já saiu e isso agora não importa, mas daí a menosprezar o seu trabalho vai um longo caminho. Já não se lembram que o Pax Julia renasceu como fénix. Que marcou o ritmo de uma programação digna e de grande qualidade: cinema, dança, bailado, teatro, performances, música. Tudo para todos os gostos, a maioria das vezes com casa cheia, com produções nacionais, internacionais e (espantem-se!) com criação local! Houve erros? Muitos. Falta de Estratégia? Claro, ainda hoje! E a quem competia as definições?

Leia aqui todo o texto (A LUCIDEZ DAS PEQUENAS COISAS), publicado por Jorge Barnabé, no seu CÓDIGO ALENTEJANO.

Comentários recentes

  • Ana Matos Pires

    Como dizia o outro "seu grandessíssimo e alternadí...

  • Anónimo

    Perdeu uma boa oportunidade de estar calado porque...

  • Vitor Paixão

    Por vezes dou comigo a pensar se falo, se fico cal...

  • Anónimo

    Saloio é você seu atrasado mental

  • Anónimo

    Já a pensar nas criticas ao festival ainda ele não...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds