Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

“Ramal de Beja e Outras Dores de Alma”

A ADPB - Associação de Defesa do Património de Beja quer discutir com a população o anunciado fim da ligação directa por comboio entre Beja e Lisboa, tendo marcado um encontro, sobre o lema “Ramal de Beja e Outras Dores de Alma”, para hoje a partir das 21h00, na Biblioteca Municipal de Beja.

Florival Baiôa, presidente da Associação, diz que ao acabarem com as ligações directas de Beja para Lisboa, transformam a Estação de Beja num Ramal de Évora. E isso significa que “foram traídos todos os homens que lutaram há 150 anos, para que a linha do sul viesse directamente para Beja”.

Depois do PCP, também Luís Rodrigues, deputado do PSD, quer reunir com a REFER. Na agenda leva preocupações sobre o atraso nas obras em curso na Linha do Alentejo, bem como oferta que a CP vai ter aquando da reabertura da linha, o fim das ligações directas entre Beja- Lisboa e a não electrificação da linha até Beja, o anunciado fim do Intercidades directo entre Beja - Lisboa e a oferta de serviços futura, as ligações a Espanha do serviço de mercadorias e a recuperação e valorização do património edificado vetado ao abandono.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Concordo a 1000% com M. Frade.Pode-se, rádios, jor...

  • Quim

    Foi a conclusão que EU tirei. Mas não fui o unico....

  • Anónimo

    voto em branco

  • Anónimo

    voto em branco

  • Anónimo

    Por falar em Grândola... foi esta semana notícia u...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds