Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Diário do Alentejo iniciou nova fase com Paulo Barriga

 

Aprendi a ler com o "Diário do Alentejo". Aprendi a escrever no "Diário do Alentejo". Aprendi-me e aprendi o Alentejo com e no "Diário do Alentejo". Pelo que não conheci nos últimos tempos navalha mais afiada do que aquela que tantas vezes me tentaram cravar quando circunstancialmente me diziam: "aquilo está transformado no jornal dos mortos". Juro solenemente que, a partir deste instante, o "Diário do Alentejo" passará a ser o jornal dos vivos. O jornal da inovação que não põe de parte a tradição. O jornal que mostra e promove os novos protagonistas da nossa região. O jornal que se opõe à mediocridade e à exportação de talentos. O jornal da cultura e do pluralismo. O jornal do Alentejo.

Este parágrafo sintetiza o essencial do primeiro editorial (edição de Sábado passado) - "Novidades?" -, de Paulo Barriga como novo director do Diário do Alentejo.

Como notas a destacar, entre outras, nesta edição, que marca uma nova fase do DA, refiro a capa relativa ao centenário do nascimento do escritor alentejano Manuel da Fonseca e a colaboração do jornalista Carlos Júlio.

Quanto a "Novidades", Paulo Barriga esclareceu: Havia, por certo, uma grande expectativa quanto a novidades no "Diário do Alentejo". Das tais novidades gordas. Essas estão agendadas para a nossa edição número 1500, de 21 de Janeiro. Hoje apenas vos podemos oferecer a novidadezinha do fim da legenda "Regionalista" e "Independente" no cabeçalho do jornal. Que é como quem diz: a partir de hoje nada será como dantes.

Desejamos que Paulo Barriga consiga cumprir o "compromisso de honra da nova direcção do "Diário do Alentejo": percorrer os trilhos da "Independência", acentuando o pendor "Regionalista" do jornal."

 

ICNB e DPHDB assinam protocolo de colaboração

Visando a promoção e recuperação de alguns monumentos religiosos e a conservação de algumas espécies da flora e da fauna e “conseguir criar rotas para valorizar o touring cultural e ambiental”, o Instituto de Conservação da Natureza (ICNB) e Departamento do Património Histórico e Artístico da Diocese de Beja (DPHDB) assinam hoje na Igreja Matriz de Mértola, um protocolo que envolve os 17 concelhos do Baixo Alentejo, que fazem parte da unidade territorial religiosa.

Comentários recentes

  • Anónimo

    As odalascas vêm com o calor...

  • Anónimo

    Alguém sabe em que dia desfila o imperador, as oda...

  • Munhoz Frade

    Um desabafo como este do Vitor Paixão é um momento...

  • Vitor Paixão

    O seu comentário atesta a minha razão. Atiram para...

  • Ana Matos Pires

    Como dizia o outro "seu grandessíssimo e alternadí...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds