Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Ainda não foi desta que José Sócrates cumpriu a promessa

José Sócrates esteve esta manhã (17/11/209) em Sines para assinalar o lançamento do início da construção do novo IP-8, em traçado de auto-estrada, que vai ligar Beja a Sines.

Sócrates prometeu que a obra estaria pronta em Janeiro de 2011, uma data que foi recebida por muitos com um sorriso, habituados que todos estamos às derrapagens temporais e orçamentais de qualquer obra que se faça no país. Mas ficou a promessa.

Apesar do benefício da dúvida aqui deixado, José Sócrates mostrou mais uma vez que não podemos confiar nele. Como se costuma dizer, aquilo “não é defeito é feitio”.

Obra do divino Espírito Santo?

Ele há coincidências engraçadas.

A secção de desporto do Público de hoje – 10 de Dezembro – abre com um artigo de página e meia (o restante é publicidade) intitulado “Portugal aposta forte num outro mundial: a Ryder Cup 2018”.

A secção de desporto do Diário de Notícias de hoje – 10 de Dezembro – abre com um artigo de duas páginas intitulado “Ryder Cup pode render 550 milhões”.

Como já se percebeu, ambos os artigos abordam a candidatura da Herdade da Comporta (Alentejo Litoral) à organização, em 2018, de uma das maiores provas de golfe, o Ryder Cup.

Curioso. Nenhum dos artigos refere que esta candidatura só é possível graças a um PIN. A tal figura de excepção criada por um tal Manuel Pinho enquanto ministro e que agora - pois é… - preside à comissão da candidatura da Herdade da Comporta à Ryder Cup.

E muito menos se refere a negligência dos estudos de impacto ambiental! Sobre as enormes quantidades de água necessárias para suportar o dito investimento nada se diz!

É tudo maravilhas.

A nós parece-nos que estes dois artigos configuram um daqueles casos em que a pura e simples propaganda é bem disfarçada... travestida de informação.

Porque será? Obra do divino Espírito Santo?

Alvito está de parabéns

... porque tem uma Junta de Freguesia que, conhecendo bem a realidade local e as suas competências, está a desenvolver um trabalho de proximidade com a população, procurando envolvê-la na sua gestão e nas suas actividades.

A reunião com a população, que ontem realizou juntando cerca de meia centena de fregueses, é a bem a prova disso, quer pela iniciativa em si, quer reafirmação do c(qu)er na gestão participada, quer pela prestação de contas deste ano de mandato, quer ainda pelas perpectivas de futuro apresentadas e debatidas.

Esta Junta de Freguesia, presidida por António João Valério, mostra estar enraizada na população, que respeita e tenta envolver mantendo uma gestão de proximidade e participada por todos os que nisso estão interessados, em cooperação com os restantes órgãos autárquicos, movimento associativo e outras entidades do Concelho. Trabalha para e com as pessoas.

Parabéns Alvito! Parabéns Freguesia de Alvito! Parabéns António João Valério! Continuem assim! 

Comentários recentes

  • Anónimo

    Gosto.Categoria de mensagem. Teria a mesma mensag...

  • Anónimo

    Que outros agentes desportivos ... e já agora polí...

  • Munhoz Frade

    Exemplar.

  • Anónimo

    O problema, é que por mais considerações ideológic...

  • Anónimo

    “DesilusãoTenho estado, como é meu hábito, atento ...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds