Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

"Espaço do Tesouro" do Paço Ducal de Vila Viçosa

Depois de sofrer obras de requalificação, abriu ao público no passado dia 9 o "Espaço do Tesouro" do Paço Ducal de Vila Viçosa e agora já podem ser vistas as variadas peças de ourivesaria daquele acervo, nomeadamente a Cruz de D. Catarina de Bragança, a Caravela-Cofre, Pintura e Tapeçaria flamengas de Quatrocentos, dois Tikis Maoris neo-zelandeses; Paramentos em lhama e bordados a ouro e algumas peças notáveis de cerâmica.

Retirado daqui.

“Arte Numa Perspectiva Diferente”

é o mote para uma exposição de pintura que vai ser inaugurada esta tarde, a partir das 18 horas, na sede da EDIA na cidade de Beja, reunindo 24 obras da autoria de 6 jovens utentes do Centro de Paralisia Cerebral de Beja e que pretende também assinalar o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência que se comemora no dia 3 de Dezembro.

Beja e Castro Verde criam “Bosques do Centenário”

As Câmaras de Beja e Castro Verde aderiram ao Projecto da ANMP denominado “Bosques do Centenário”, que tem como propósito reflorestar espaços com árvores autóctones (sobreiros, medronheiros, pinheiros mansos e alfarrobeiras, entre outras), plantando 100 árvores autóctones na área de cada concelho, como comemoração da implantação da República e do Dia da Floresta Autóctone, que se assinala hoje.

Em Beja as árvores foram plantadas no Parque da Cidade, no Jardim Público e no Perímetro Florestal de Salvada e Cabeça Gorda. Em Castro Verde junto ao Estádio Municipal.

Greve Geral recentra o debate no que é importante

Acabei de assistir, talvez, ao melhor dos programas do Prós e Contras, a propósito da Greve Geral, convocada em conjunto pelas duas centrais sindicais, pela segunda vez na história da democracia pós 25 de Abril

As participações dos líderes sindicais, Carvalho da Silva e João Proença, do Professor João Reis, do presidente do CES, Silva Peneda e do advogado Garcia Pereira atingiram elevados níveis de qualidade e esclarecimento sobre a não inevitabilidade das políticas impostas, na necessidade de reanimar o aparelho produtivo e fazer crescer a riqueza e de revalorizar o trabalho, da necessidade dos estados criarem mecanismos de controlo dos mercados, etc.

As intervenções do Professor João Reis e de Silva Peneda, pela abertura de horizontes contra a ortodoxia dominante dos economistas de serviço e pela sistematização do necessário enquadramento do debate sobre como sair da crise e mobilizar a sociedade para esse combate, merecem destaque especial.

As participações dos Professores Bacelar Gouveia e Cavaleiro Brandão e, principalmente, da ministra do Trabalho e da Solidariedade Social ficaram muito aquém das restantes, quer na qualidade das mesmas quer porque não conseguiram descolar da justificação das más políticas impostas, que conduziram à crise e que, a prosseguirem, a acentuarão.

A ministra Helena André mostrou não ter estatura política mínima para o exercício das funções para que foi nomeada, limitando a repetir alguns lugares comuns pretensamente técnicos e preocupados com a negociação com vista à criação de pactos sociais em termos puramente abstractos.

Ficou uma certeza: vai ser a maior greve geral de sempre no nosso país. E daí terão de ser retiradas as necessárias consequências.

 

Comentários recentes

  • Anónimo

    Ó Chico! Muda a cassete!

  • Anónimo

    1-Não mais há propriedade individual, a terra não ...

  • Anónimo

    Gosto.Categoria de mensagem. Teria a mesma mensag...

  • Anónimo

    Que outros agentes desportivos ... e já agora polí...

  • Munhoz Frade

    Exemplar.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds