Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Paco Bandeira recebeu Medalha de Mérito de Elvas

Foi entregue, no decorrer de um concerto no Coliseu dos Recreios, a Paco Bandeira a Medalha de Mérito de Elvas, atribuido em Dezembro de 2007, por unanimidade, pelo executivo da Câmara Municipal de Elvas. “Apesar de já termos aprovado esta homenagem ao Paco Bandeira há três anos, agora surge a oportunidade de entregar publicamente ao mais reconhecido cantor e autor elvense esta medalha”, explicou o autarca José Rondão Almeida.

A autarquia pretendeu, através da entrega da Medalha de Mérito a Paco Bandeira, "notabilizar o trabalho" do cantor que popularizou a frase “Oh Elvas, Oh Elvas, Badajoz à vista”.  “É uma distinção merecida. Paco Bandeira é o maior embaixador desta cidade, que levou o nome de Elvas não só pelo país, mas também pelo mundo, e, por isso, atribuímos-lhe a Medalha de Mérito, que é o valor mais alto que lhe podemos dar”, argumentou o autarca.

Faleceu Joaquim Gomes

Faleceu hoje, aos 93 anos de idade, Joaquim Gomes, natural da Marinha Grande e um dos mais destacados dirigentes comunistas da história do PCP.

Foi preso por três vezes pela PIDE e por duas vezes fugiu da cadeia. Uma das suas fugas foi a célebre fuga de Peniche, com Álvaro Cunhal, Jaime Serra, Carlos Costa e outros destacados militantes do Partido.

Depois da revolução de Abril e até ao XV Congresso em 1996 foi membro do Comité Central, tendo mantido as suas responsabilidades como membro do Secretariado e da Comissão Política até ao XIV Congresso em 1992, altura em que foi eleito membro da Comissão Central de Controlo. Foi deputado eleito pelo Distrito de Leiria entre 1976 e 1987.

Modesto e discreto, Joaquim Gomes deixa-nos recordações de uma vida de dedicação e de exemplo da resistência ao fascismo, de luta pela liberdade, a democracia e o socialismo.

Leia aqui toda a nota do Secretariado do Comité Central do PCP.

“Há fome em Portalegre”

O Distrito de Portalegre está a atravessar hoje um dos períodos mais difíceis da sua história. Considerado o distrito que mais dificuldades tem, em termos nacionais, devido ao crescente número de empresas que estão a fechar, conduzindo para o desemprego dezenas de pessoas, e à não perspectiva de novos investimentos, a verdade é que "há fome em Portalegre", garantiu Elicídio Bilé, presidente da Cáritas Diocesana de Portalegre.

Nos últimos anos desta década encerraram no Distrito 67 empresas, sendo que sete estão com salários em atraso ou em situação de insolvência. "Há 3113 trabalhadores despedidos, 197 com salários em atraso e a acrescentar a estes um número não calculado de microempresas associadas ao comércio, à restauração e aos serviços, e outras empresas de construção civil que, não tendo a sede aqui, dificilmente conseguimos apurar o número de trabalhadores que ficaram desempregados", destacou o responsável da Cáritas, acrescentando que, nos últimos dois anos, em Elvas, fecharam 30 pequenos comércios que abrangeram 90 trabalhadores.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Fartura de partidos! Tudo quanto é demais não pres...

  • Anónimo

    Tem razão! No entanto é necessário não perder voz,...

  • Anónimo

    Foram buscar o antigo imperador JR .....dizem que ...

  • Anónimo

    O Imperador está suficientemente saudável para c...

  • Anónimo

    As odalascas vêm com o calor...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds