Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Câmara de Beja vai investir 1,5 ME para beneficiar principal zona comercial da cidade

 

A Câmara de Beja vai investir 1,5 milhões de euros na beneficiação da principal zona comercial da cidade, as Portas de Mértola, que prevê ensombrar ruas, instalar fontes decorativas e alterar o arranjo urbanístico de um terreiro.

O Projeto Integrado de Beneficiação da Baixa de Beja, vulgarmente conhecida como a zona das Portas de Mértola, vai abranger as ruas de Mértola e Capitão João Francisco de Sousa e o Terreiro dos Valentes.

O projeto está integrado no Programa de Regeneração Urbanística do Centro Histórico de Beja, idealizado e aprovado pelo anterior executivo CDU e que prevê, entre outras ações, reabilitar o Bairro da Mouraria e requalificar edifícios públicos.

Vinipax 2010 fora da RuralBeja e com a novidade BejaGourmet

De 22 a 24 de Outubro, realiza-se no Parque de Feiras e Exposições de Beja, a 4ª edição da Vinipax, um dos maiores eventos de vinhos, exclusivamente oriundos do Sul de Portugal, ou seja, das regiões vitivinícolas do Alentejo, Tejo, Península de Setúbal e Algarve.

Em 2010, com o fim anunciado da RuralBeja, “o evento ganha calendário próprio, volta ao mesmo local, mas dividido em dois espaços diferentes, um em que vai ser apresentado o mundo do vinho, com mais de 100 expositores já confirmados, e um outro dedicado ao azeite e à gastronomia”, as declarações são do director técnico da Vinipax Aníbal Coutinho.

De salientar, igualmente, a realização, no âmbito da Vinipax, das Jornadas de Enoturismo, organizadas pela Associação de Municípios Portugueses do Vinho, e do Concurso “Melhor Vinho VINIPAX”, da responsabilidade da Federação Internacional dos Jornalistas e Escritores de Vinho.

Estrada Nacional que liga Serpa a Mértola à espera de ser reparada

A concelhia de Serpa do PCP contesta os atrasos nas obras nas vias que servem a localidade, considerando que “a não reparação das pontes de Santa Iria e da Capela, na estrada Nacional 265, que liga Serpa a Mértola, e do pontão da Ribeira de Limas, é um prejuízo para os utentes da mesma e para a economia da região”, uma vez que o mau estado da via “não permite a passagem pela ponte de viaturas com mais de 20 toneladas, obrigando assim a fazer um desvio de cerca de 20 Km, por uma estrada municipal, que se vai deteriorando por não estar preparada para este tipo de tráfego, e obrigando a intervenções sucessivas da Câmara Municipal”.

António Vitória explicou que “os problemas foram detectado sem 2007 e já havia a promessa da Estradas de Portugal de arranjar no início deste ano, o que já seria tarde”. Mas, “passados três anos e meio, continua a não estar reparada”, contestando ainda que não tenha sido acautelado um desvio que permitisse a continuação da circulação automóvel, durante a reparação de um outro pontão, na mesma estrada. “Os problemas são detectados, mas as estradas não são arranjadas. Põe-se uma placa a desviar o trânsito e não se fazem as obras”, criticou aquele responsável do PCP.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Ah, estamos bem... temos taxas de água, esgoto e l...

  • Zé LG

    Se não disser do que se trata ficamos na mesma, se...

  • Anónimo

    Estranho, sim...

  • Anónimo

    Sem dúvida.Um autentico murro no estomago no todo ...

  • Anónimo

    Concorso, embora há um senão, que não foi esclarec...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds