Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Greve do STAL paralisa serviços das autarquias

Os trabalhadores da Administração Local paralisam hoje. Com esta greve nacional o STAL, pretende protestar contra “as políticas governamentais de degradação dos salários”, a “destruição dos serviços públicos” e as “ingerências” nas competências do Poder Local para “condicionar a contratação colectiva”.

De acordo com o STAL, dos 1750 trabalhadores 1190 aderiram à greve, o que corresponde a 68% dos funcionários do distrito de Beja.

10 - Até quando...

 

 

 

 

 

 

 

... vão continuar a degradar-se e a desaparecer Montes Alentejanos, alguns dos quais continuam a integrar a memória colectiva do povo, pela importância que tiveram na situação económica e social (e, às vezes, também política) dos concelhos em que se situam.

A fotografia mostra apenas um dos inúmeros exemplos: o Monte do Rio Seco, em Vila Nova da Baronia, concelho de Alvito. Apesar de ter a entrada principal conservada (foto da direita), anexos e áreas fundamentais do Monte estão a cair ou já em ruínas (foto da esquerda).

O Plano de Acção para as Terras da Baronia de Alvito, elaborado há uma dúzia de anos, apontava que o Monte do Rio Seco "poderia ser utilizado como Unidade de Turismo devido à sua estrutura arquitectónica e proximidade da barragem de Odivelas". Ainda me lembro dos seus proprietários reforçarem essa proposta com a possibilidade de nele ser instalado um museu agrícola...

Porque é que não foi desenvolvida aquela proposta e porque deixaram degradar-se mais este Monte Alentejano?

"Vinhos do Alentejo em Lisboa"

Dezenas de produtores de vinho do Alentejo vão colocar os seus produtos em prova livre no Lx Factory, dias 24 e 25 deste mês, num evento que contará com a presença de "grandes nomes alentejanos" do sector, em ambiente de "muita animação", segundo revelou a CVRA, que considera que "É uma oportunidade rara para os apreciadores poderem degustar grandes referências alentejanas e novos lançamentos".

O programa do evento inclui, entre outras iniciativas, provas temáticas e conversas sobre vinho, comentadas por especialistas.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Se são carneirinhos ou não como V.a Ex.a defende, ...

  • Anónimo

    Ele não vai , LEVAM-NO !!!.

  • Anónimo

    Lá estás tu a pôr defeitos ao homem.Não o deixam e...

  • Anónimo

    Falar do que não se conhece é espalhar a própria i...

  • Anónimo

    Com tanta agro-industria de capital exclusivamente...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds