Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Que fazer para evitar que isto se repita?

No final do passado mês de Agosto e durante uma semana, foram feitas descargas de efluentes urbanos através da rede do sistema pluvial da cidade de Beja. Os esgotos não-tratados segiram por uma linha de água para a ribeira do Roxo que serve a albufeira do mesmo nome.

Não foi a primeira vez que aconteceram descargas de esgotos domésticos para a rede pluvial. Em Maio e Junho passados e por períodos de tempo que variaram entre 10 e 15 dias já tinha ocorrido o mesmo.

Manuel Alegre visita o distrito de Beja

Na próxima Quarta-Feira, “de manhã, Manuel Alegre vai estar

em Beja para recolher alguns indicadores, relativamente à região,

e reunir com o «núcleo duro» de apoio à sua candidatura”

e “da parte da tarde, o candidato presidencial visita Aljustrel,

para se inteirar sobre Alqueva e as minas”,

segundo Dinis Cortes, mandatário do candidato presidencial.

8 - Até quando...

 

... o Concelho de Alvito vai continuar à espera que construam a tão prometida creche?

Nas últimas eleições todas as candidaturas se compremeteram em garantir a sua criação. Houve mesmo uma que dela fez bandeira e a utilizou como se fosse iniciativa sua. Foi anunciada a aprovação dos projectos. Foi assinado o protocolo de financiamento em cerimónia pública, com pompa e circunstância e alguma polémica, porque houve quem tivesse querido aproveitar a oportunidade para fazer campanha eleitoral.

Quando se julgava que era desta vez que o tão necessário equipamento social ia ser criado eis que tudo continua na mesma e, pior do que isso, ninguém explica o que se passa. É este o respeito que têm pelas populações e pelas suas necessidades?!

Este é, seguramente, o equipamento social que mais falta faz ao concelho, porque é ele que determina a fixação ou não de famílias que esperam ou têm bébés.

Espera-se, exige-se aos promotores do projecto e aos poderes públicos - autarquias e quem se comprometeu a financiá-lo - esclarecimentos sobre o que se passa e quando avança o empreendimento. 

Comentários recentes

  • Anónimo

    Tens toda a razão. Já cá faltava a patetice da com...

  • Anónimo

    Vote no PAN.

  • Anónimo

    Já cá faltava a patetice da habitual comparação co...

  • Anónimo

    alguém pode dizer onde é este lugar?

  • Anónimo

    Concordo a 1000% com M. Frade.Pode-se, rádios, jor...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds