Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Morreu Dias Lourenço

Faleceu ontem, aos 95 anos, António Dias Lourenço, um dos mais destacados dirigentes comunistas da história do PCP que dedicou a vida à luta da classe operária, dos trabalhadores e do povo português, à luta do seu Partido contra o regime fascista, contra a exploração, pela liberdade, pela democracia, por uma sociedade nova, o socialismo e o comunismo.

Preso duas vezes, em 1949 e 1962, Dias Lourenço passou 17 anos nas prisões fascistas, tendo protagonizado uma das mais audaciosas fugas ao evadir-se do Forte de Peniche em 1954.

Eleito para o Comité Central em 1943 (do qual foi membro até 1996), Dias Lourenço integrou organismos dirigentes das grandes greves de Julho e Agosto de 1943 e de Maio de 1944 e esteve ainda ligado a outras grandes acções de massas como o 1º de Maio de 1962 e a luta pela conquista das 8 horas de trabalho nos campos. Responsável antes do 25 de Abril por várias organizações do Partido (Alentejo, Algarve e Beiras) Dias Lourenço assumiu depois da Revolução a responsabilidade pelas Organizações Regionais do Oeste e Ribatejo e das Beiras.

Leia, aqui, toda a Nota do Secretariado do Comité Central do PCP.

Aviões civis já podem utilizar a Base Aérea de Beja

"O Instituto Nacional de Aviação Civil, I.P. aprovou a utilização permanente da infra-estrutura aeronáutica da Base Aérea nº 11, em Beja, por aeronaves civis, na sequência do Protocolo assinado com a Força Aérea Portuguesa, e dos trabalhos de preparação realizados com a Força Aérea Portuguesa e com a ANA Aeroportos de Portugal.

A actual autorização é válida para operações de voos domésticos sem passageiros, para efeitos de estacionamento, manutenção ou outras actividades, com utilização exclusiva de infra-estruturas militares e nas condições operacionais a divulgar, numa primeira fase, no sítio electrónico deste Instituto ( www.inac.pt ) e, posteriormente, no AIP (Aeronautical Information Publication) e no MVFR (Manual de Visual Flight Rules).

Esta utilização deverá evoluir por fases, incluindo a aprovação de novas valências, de acordo com os trabalhos e procedimentos que, tal como o previsto, forem progressivamente sendo aprovados."

Leia, aqui, notícia sobre as implicações desta decisão no Aeroporto de Beja.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Com certeza que não tem visto no blog o que tem si...

  • Anónimo

    A minha cidade é uma comédia, toda gente sabe o qu...

  • Anónimo

    Isso mesmo.Acertou em cheio.

  • Anónimo

    Realmente seria muito melhor para os boys do PS um...

  • Anónimo

    Nunca toma posição, quero dizer.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds