Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

TauroBaronia...

... bem poderá ser a denominação de um festival tauromático a realizar, nesta altura, em Vila Nova da Baronia.

Um festival com várias actividades relacionadas com a tauromaquia, que passasse a ser a principal componente desta feira, passando as outras actividades a complementar aquelas.

Existem muitas pessoas, relacionadas e com conhecimentos do tema no Concelho ou a ele ligadas, que poderiam contribuir para que o TauroBaronia fosse um êxito.

É apenas uma sugestão, a propósito da aficion que parece existir, que, se tiver algum interesse, pode constituir um ponto de partida para um debate. 

 

Esta noite, como podem ver pelo cartaz anexo, há tourada em Vila Nova da Baronia, integrada no programa da Feira que decorre até amanhã.

Esta noite há conversa sobre “Negros do Sado” no Torrão

“Negros do Sado: História e Etnografia” é o tema

do ciclo de conferências “Conversas no Museu”

que tem lugar esta noite, no Museu Etnográfico do Torrão,

com a participação de diversos oradores.

“Negros do Sado” vem na sequência de um projecto realizado

por um grupo de alunos do 12º ano das Turmas A e D

da Escola Secundária de Alcácer do Sal,

feito no âmbito da Disciplina Área de Projecto

e que contou com o apoio do município alcacerense.

Este trabalho visou em parte a produção de uma exposição, a qual se encontra patente também no Museu Etnográfico do Torrão, podendo ser visitada no horário de funcionamento do mesmo até dia 26 de Julho.

E de quem é a responsabilidade desta pesada herança?

De acordo com José Ernesto Oliveira, “a situação difícil da Câmara de Évora é explicada pelo forte volume de investimento que foi feito», agravada pelos «atrasos na recepção de verbas comunitárias e porque tiveram de ser feitos (investimentos) concentrados num curto espaço de tempo, nomeadamente em 2009».

E porque terá sido necessário fazer investimentos “concentrados num curto espaço de tempo, nomeadamente em 2009”? Ainda se lembram do que o PS disse da gestão da CDU?

Comentários recentes

  • Anónimo

    Fartura de partidos! Tudo quanto é demais não pres...

  • Anónimo

    Tem razão! No entanto é necessário não perder voz,...

  • Anónimo

    Foram buscar o antigo imperador JR .....dizem que ...

  • Anónimo

    O Imperador está suficientemente saudável para c...

  • Anónimo

    As odalascas vêm com o calor...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds