Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alqueva acolhe, esta noite, concerto “Terras de Água”

Mariza e Paulo Gonzo vão protagonizar o primeiro concerto no maior lago artificial da Europa, o de Alqueva, na Amieira Marina, promovido pela EDP, que volta assim a inovar, fazendo das barragens um pólo de atracção e de dinamização das regiões em que se inserem.

O concerto “Terras de Água” tem lugar hoje, pelas 22horas, e conta com 600 espectadores presentes, procurando a EDP, através dele, promover maior proximidade entre as populações e as centrais hidroeléctricas, infra-estruturas fundamentais no desenvolvimento do país e alvo de grande curiosidade por parte do público, mostrando o vasto património industrial e tecnológico da produção hidroeléctrica em Portugal.

Este primeiro grande evento cultural da EDP na Barragem de Alqueva vai ainda poder ser visto por milhões de portugueses através da RTP. O canal de televisão transmitirá em directo todo o espectáculo, fechando um dia de programação especial. Nos vários directos a partir do Alqueva serão abordadas as várias facetas do empreendimento de fins múltiplos. O concerto será também transmitido em directo através do site www.edp.pt.

“Tão depressa quanto apareceu, desapareceu»

Um tornado atingiu Odivelas, ao início da tarde de ontem, durante cerca de 15 a 20 minutos, provocando a queda de cinco árvores de grande porte, quatro postes da PT, um cabo de alta-tensão e uma estrutura de sombra para animais e várias explorações agrícolas foram afectadas, com árvores centenárias arrancadas pela raiz e alguns telhados de habitações e de anexos agrícolas completamente levantados pela força do vento.

«Foram momentos de terror, com muito vento. O tempo está muito quente e de repente o vento começou a soprar muito forte. E tão depressa quanto apareceu, desapareceu», conta a testemunha.

Em Torrão do Alentejo, ventos fortes pela manhã levaram à queda de árvores e ao corte de uma estrada. Duas árvores de grande porte provocaram danos no telhado da escola primária e uma outra na escola secundária da vila. Também no distrito de Évora, registaram-se duas ocorrências, com queda de cerca de 20 árvores na estrada que liga Évora a Alcáçovas e ainda perto de São Cristóvão. Fenómenos semelhantes foram referenciados em Alcoutim e Porto Covo.

Exige-se esclarecimento sobre o endividamento da Câmara de Beja

Os eleitos da CDU na Câmara e Assembleia Municipal de Beja promoveram uma conferência de imprensa para divulgar a sua posição pública sobre o endividamento da autarquia, tendo Miguel Ramalho, vereador da CDU, afirmado que no início do mandato do PS os seus eleitos começaram por falar em “dívidas na ordem dos 60 milhões de euros”, para, pouco tempo depois, passarem a referir que a dívida era de “45 milhões de euros”, concluindo que a conta de gerência, aprovada por unanimidade, inclui o valor de “dívidas de médio e longo prazo” num total de “21,3 milhões de euros”.

Com este esclarecimento, os eleitos da CDU pretenderam “esclarecer, esta situação” porque, segundo Miguel Ramalho, ela “tem servido como justificação para opções bastante erradas do actual executivo”, para além de tentar “denegrir a imagem da CDU e dos seus eleitos (...)”.

Mas afinal quando são conhecidos os resultados das auditorias sectoriais, mandadas fazer pelo Executivo do PS, e gerais, decididos pela Câmara, por proposta da CDU? A quem interessa prolongar esta dúvida sobre uma situação factual, que pode e deve ser comprovada, com a insistente repetição de números bastante discrepantes? À população certamente que não é! Exige-se, por isso, o total esclarecimento sobre o endividamento do Município, que o Executivo Camarário deve fazer rapidamente, em nome de uma política de transparência que diz prosseguir.

À Roda da Mesa este fim-de-semana em Vidigueira

Degustar as especialidades gastronómicas aliadas aos excelentes vinhos dos produtores locais, através da oferta de ementas que associam os principais produtos da cozinha mediterrânica (azeite, pão e vinho), numa fusão de estilos inovadores sem perder a essência do que é tradicional, são os ingredientes da proposta da Câmara Municipal de Vidigueira para os dias 9, 10 e 11, na Praça Vasco da Gama, na iniciativa "Fim-de-semana à Roda da Mesa", cujo PROGRAMA integra espaços de degustação/gourmet de produtos locais, provas de vinho comentadas, animação musical, visita às adegas, entre outras acções.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Fartura de partidos! Tudo quanto é demais não pres...

  • Anónimo

    Tem razão! No entanto é necessário não perder voz,...

  • Anónimo

    Foram buscar o antigo imperador JR .....dizem que ...

  • Anónimo

    O Imperador está suficientemente saudável para c...

  • Anónimo

    As odalascas vêm com o calor...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds