Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Ervas alimentares apanhadas em ribeiros

Fazendo jus à tradição de promover o consumo das ervas selvagens, tradicional em meios rurais, também a Câmara de Alvito, promove até hoje a semana gastronómica "Ervas da Baronia". Espargos catacuzes e carrasquinhas fazem parte da ementa de dez restaurantes das duas localidades do concelho, Alvito e Vila Nova da Baronia.

É assim que termina o texto de Teixeira Correira que pode ser lido na íntegra aqui.

Jogo de futebol interrompido devido à queda de granizo em Viana do Alentejo

No distrito de Évora, ocorrerem ontem pelo menos 14 inundações em casas e vias públicas, sobretudo nos concelhos de Arraiolos, Estremoz, Portel, Reguengos de Monsaraz e Viana do Alentejo.

A queda de granizo obrigou à interrupção de um jogo de futebol entre o Sporting de Viana do Alentejo e o Estrela de Vendas Novas, quando faltavam 13 minutos para terminar.

Entendam-se, porra!

Ao anunciar a abstenção na Assembleia Municipal de Beja, das Grandes Opções do Plano e do Orçamento, depois dos seus vereadores os terem chumbado, a CDU mostrou falta de unidade interna, por mais explicações que apresente para a situação e por mais declarações de solidariedade entre os seus eleitos nos dois órgãos do Município.

O mínimo que se pode pedir aos eleitos da CDU é que se entendam, como sempre foi sua característica, para não darem esta imagem de desorientação. Depois de ter falado a duas vozes e de alguém estar a “ser assado em lume brando”, nada voltará a ser como dantes na CDU em Beja. Será que existe a consciência disso?

«Rumo que o País leva é cada vez mais preocupante»

afirmou Jerónimo de Sousa, que ontem participou, em Beja, no comício de encerramento de um almoço comemorativo do 89.º aniversário do PCP e que, segundo a organização, juntou cerca de 1700 pessoas.
Na intervenção, recheada de críticas ao PEC, o Secretário-Geral do PCP afirmou que  «Há na sociedade portuguesa um justo sentimento de inquietação e indignação à medida que se toma conhecimento» do «famigerado» PEC, que é «uma nova ofensiva do Governo do PS», «um programa que hipoteca o futuro do país» e com um «perverso programa de privatizações», concluindo que o PEC «é um anúncio antecipado do desastre económico e social do país e de novos e mais duros sacrifícios para a maioria dos portugueses».
«O rumo que o País leva é cada vez mais preocupante», alertou, referindo que «não se pode deixar de verificar quanta falsidade estava patente no discurso dos sacrifícios dos partidos que têm estado no Governo» nos «últimos 10 anos» e que continha «a promessa de um futuro risonho, que nunca chegou e continuam a adiar». «O que chegou debaixo do discurso pantomineiro dos sacrifícios a troco da prometida terra da abundância» foi a «duplicação» do défice das contas públicas e da «dívida externa», que «agora serve também de pretexto adicional para pedir novos sacrifícios e dar de barato ao grande capital o que resta de património público nos sectores estratégicos», disse.

Vidigueira põe o Visconde da Ribeira Brava “A Pão e Laranjas”

O Município de Vidigueira irá realizar nos dias 26, 27 e 28 de Março o Festival Gastronómico A Pão e Laranjas que dará destaque nesta edição à 1ª Mostra de Sabores da Nossa Terra.

O evento decorrerá num ambiente que recria o início do século XX prestando homenagem a uma figura preponderante para a história de Vidigueira, o Visconde da Ribeira Brava que foi presidente da Câmara Municipal nos períodos entre 1890-1893 e 1899-1901.

Aproveite a oportunidade de se surpreender e envolver na magia de uma feira que reabilita o ambiente e atmosfera inconfundível dos últimos anos da Monarquia e do início do século XX.

Desfrute da magia dos gostos, enriqueça-se com experiências sensoriais únicas e marcantes.

A Vidigueira quer transformar a sua visita numa paixão plena de cultura, memórias e emoções.

 

É assim que a Câmara Municipal de Vidigueira apresenta o Festival Gastronómico A Pão e Laranjas, cujo programa pode ser visto aqui.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Vote no PAN.

  • Anónimo

    Já cá faltava a patetice da habitual comparação co...

  • Anónimo

    alguém pode dizer onde é este lugar?

  • Anónimo

    Concordo a 1000% com M. Frade.Pode-se, rádios, jor...

  • Quim

    Foi a conclusão que EU tirei. Mas não fui o unico....

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds