Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

QUINTOS

É o nome de um blogue, que se apresenta como sendo “do Alentejo profundo…” e cujo primeiro post, de 29 de Março de 2009, começa assim:

Vamos dar início a um blog (eu – Luís Tem e Deolinda) cuja finalidade é apenas de expressar as nossas ideias e dar as nossas opiniões sobre o mundo que nos rodeia.

Porquê o nome QUINTOS? É simples, ambos somos naturais desta pequena/grande freguesia do concelho de Beja.

 

Agora, o QUINTOS é administrado por José Falcão e conta ainda, para além dos criadores, com a colaboração de Ana Valéria e Petr Mouravitch.

Beja tem um Castelo,

é um novo blogue generalista e despretensioso que sem grandes filosofias procurará estar atento ao mundo que o rodeia, recentemente criado em Beja e que usa os nomes de Max e Xixa, duas figuras que marcaram a Cidade, há umas décadas, como pseudónimos do(s) autor(es) dos textos e das fotografias.

Fevereiro já tem "30 DIAS"

Já está nas bancas a edição de Fevereiro da revista "30 DIAS".

> DESCUBRA os dias difíceis da agricultura alentejana e os caminhos que tem pela frente.

> ENCONTRE as opiniões do bispo de Beja, D. António Vitalino, numa grande entrevista.

> PERCEBA como é feita a dádiva de sangue no distrito de Beja.

> ENTENDA como vive o abutre-preto na planície alentejana.

> DESVENDE os segredos do dirigente comunista António Rodeia Machado.

Tudo em 30 DIAS! Já nas bancas

Mário Simões defende eleições na Distrital de Beja do PSD

O presidente da concelhia de Alvito do PSD defende que o partido “precisa rapidamente de virar a página” e considera que os órgãos distritais liderados por José Raul dos Santos “estão muito fragilizados”.
“Sinto, obviamente, uma forte falta de actividade. Acho que o José Raul não devia demitir-se mas devia proporcionar condições para que o PSD encontrasse um novo rumo”, desabafa Mário Simões ao “CA”.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Ora aqui está uma área em que os nossos autarcas s...

  • Anónimo

    Está tudo dito... nada a acrescentar! Incapacidade...

  • Anónimo

    "O Ministério do Planeamento anunciou esta quinta-...

  • Anónimo

    Se os autarcas locais , independentemente da cor p...

  • Anónimo

    Conordo em absoluto com o comentário anterior.O di...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds