Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Mobilizar para a luta todos «os que não se conformam»

A DORBE do PCP considera que o agravamento da situação torna «urgente a intensificação da luta por políticas que criem mais emprego e desenvolvimento no Alentejo e no País, urgência que deve mobilizar todos os que não se conformam com as profundas desigualdades e injustiças sociais, agravadas nestes quase cinco anos de Governo PS».

 

Reafirma que «os comunistas continuam firmemente comprometidos, também no Distrito de Beja e no Alentejo, na luta por um PCP cada vez mais forte e influente, capaz de honrar o seu papel histórico na defesa dos interesses e aspirações dos trabalhadores e do povo», pelo que decidiu o «agendamento, ao longo do primeiro semestre de 2010, de assembleias em todas as organizações de base e concelhias, com a eleição dos respectivos organismos de direcção» a 7.ª Assembleia da Organização Regional de Beja, com eleição de uma nova direcção para 7 de Novembro.

 

Não foi assim aceite a proposta de alguns de marcação, com urgência, da Assembleia da Organização Regional de Beja, para debater os maus resultados eleitorais autárquicos e deficiências apontadas à democracia interna. Também não foi referida aqui qualquer reacção da DORBE à acusação, do Executivo do PS ao anterior Executivo da CDU, de eventuais ilegalidades, designadamente de terem sido elaborados materiais de campanhas eleitorais nos serviços da Câmara de Beja.

 

Não consigo compreender para que serve isto, se raramente publica qualquer informação ou tomada de posição relativa ao que se passa na Organização Regional do PCP e no Distrito de Beja. Não devia ser o primeiro sítio onde deviam ser publicados todos os comunicados, convocatórias e outros textos e informações sobre o PCP? Não devia ser usado como um instrumento de aproximação e ligação ao partido às populações e aos militantes, em particular?

Revolta de 18 de Janeiro de 1934 / Insurreição da Marinha Grande

“A insurreição político-sindical do 18 de Janeiro de 1934 representou a resposta duma ampla frente sindical e popular contra a legislação anti-sindicalismo livre imposta pela ditadura e que vigorava desde esse mês."

 

Por isso, e porque acima de tudo o 18 de Janeiro foi um grito de liberdade, tem a palavra quem a quiser tomar, nas iniciativas que o BE promove para assinalar a efeméride.

 

Também para evocar a data, Carlos Júlio, no nosso blogue colectivo A Cinco Tons, escreveu um texto intitulado “18 de Janeiro: uma homenagem aos homens íntegros que conheci”, com links para vários textos relativos ao tema, que pode ler aqui.

 

Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades

A pérgola, que a foto ao lado mostra, foi construida há uns quinze anos, no Bairro Dr. Teófilo Casaca Sim Sim, em Vila Nova da Baronia.

O então vereador Orlando Estrompa acompanhou, de perto e a par e passo, a sua construção, incluindo a escolha dos materiais. O travessamento superior foi todo executado com vigas de madeira tratada.

Qual não foi o meu espanto, quando há dias, ao passar pelo local, deparei com a substituição das vigas de madeira por vigas de cimento!... É pena, porque a pérgola ficou mais feia.

Os candidatos a Reitor da Universidade de Évora

 Ana Freitas                         Carlos Braumann Carlos Marques

Heitor Reis        Helder Fonseca               Manuela Magno Sara Pereira Fonseca

Veja em http://www.noticiasalentejo.pt/, de onde retirei as fotografias, os principais objectivos de cada candidato a Reitor da Universidade de Évora, na eleições de dia 3 de Fevereiro

Passaram por cá

(desde 15-01-2011)

Comentários recentes

  • João Espinho

    Exposição ficará patente ao público até quando? Ob...

  • Ana Matos Pires

    A propósito de Silos, estão todos convidados. Apar...

  • Anónimo

    Andam por aí umas cromas a falar de recusa de tran...

  • Anónimo

    Só para complementar o que atrás se refere.Todos a...

  • Anónimo

    Foram edifícios construídos depois da grande cheia...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds