Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Despacho que transfere para a ANA a gestão do aeroporto de Beja é ilegal?

Quem levantou a questão foi João Paulo Ramôa, ao afirmar que “o despacho que foi dado pelo anterior Governo, em plena campanha eleitoral, subscrito por 3 ministros – Defesa, Finanças e Obras Públicas - atribuindo novas funções à empresa que iria gerir o aeroporto de Beja, no meu ponto de vista, é ilegal”.

Se tal se confirmar haverá ainda alguém que acredite que tal se deveu apenas a incompetência de quem preparou o Despacho?

Equacionar e interrogarmo-nos é bom e positivo

“Caro Lopes Guerreiro, não são fáceis os momentos que vivemos. No Alentejo, em Portugal, no mundo. Num fim-de-semana em que muito se falou do muro (que felizmente caiu, embora não da melhor forma, há 20 anos em Berlim), muitos sentimos que há muitos outros muros por derrubar. Um deles, e que nos toca a nós, é o que no fundo tem impedido que no PCP se ultrapassem, com base nas vivências do presente, traumas do passado. Que se ultrapassem, com dinâmicas do presente, medos e desconfianças do passado. Que se olhe para o presente e para o futuro privilegiando a inclusão e não a exclusão, mesmo quando tal implique ampla discussão. O caminho mais fácil é o que a actual direcção do PCP está a tomar. Mas fácil também é o "simplesmente" atirar a toalha ao chão, percurso que já muitos trilharam. Pelo que já deste ao Partido, por aquilo que o Partido ainda pode esperar de ti, pela frontalidade que tens tido, faz sentido desistires precisamente agora? Não me parece. Equacionar e interrogarmo-nos é bom e positivo. Essencial, até. E este, concordo contigo, é por muitas razões um período em que somos obrigados a repensar. Que esse exercício, sinal de inteligência, tenha como resultado respostas que contribuam para resolver e derrubar os tais muros; muros que estão a mais e que só de forma colectiva, disso não tenhamos dúvidas, é possível deitar abaixo.”

Comentário de Miguel Correia, aqui deixado.

Recolha de resíduos no ramal de Aljustrel nas malhas da “Face Oculta”

 De acordo com informações a que a Voz da Planície teve acesso, existem referências a telefonemas feitos entre dois arguidos do processo "Face Oculta", o empresário Manuel Godinho e o quadro da Refer, Manuel Guiomar, onde este informa que foram adjudicados trabalhos no ramal ferroviário de Aljustrel”, embora este “ramal ferroviário que liga a estação do Carregueiro, na Linha do Alentejo, às minas de Aljustrel, numa extensão total de 11,6 quilómetros, e que era apenas usado por comboios de mercadorias, não era gerido pela Refer, já que é propriedade das Pirites Alentejanas.”

Balões nos céus do Alto Alentejo

Cerca de meia centena de balões vão colorir, de hoje até domingo, os céus de Alter do Chão e Fronteira durante o 13º Festival Internacional Bp Gas Balões de Ar Quente, o maior evento português de balonismo, que promete levar aos céus centenas de curiosos, uma vez que o cartaz inclui, além de o campeonato nacional e a taça ibérica (ambos com início na quarta-feira, 11) e um «night flow» (a 13, em Alter do Chão), um espectáculo que combina jogos de luz e música em terra, voos livres (as habituais viagens de balão) e cativos das escolas.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Concordo em absoluto que o caminho não é por aí.

  • Anónimo

    O eterno problema das mentes pequeninas e poucochi...

  • Anónimo

    Queria dizer pelotão,mas saiu asneira,que não vi.

  • Anónimo

    Tem tudo para ganhar.

  • Anónimo

    A Margalha não entra na lista para favor número co...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds