Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Recordação de Luís Sá

Há dezasseis anos, durante a campanha eleitoral em que fui candidato pela primeira vez à Câmara Municipal de Alvito, Luís Sá esteve presente numa sessão da CDU em Vila Nova Baronia (foto) e referiu-se (bondosamente) a mim dizendo: "Lopes Guerreiro, que conheço há muitos anos, é um grande eleito autárquico, criativo, apaixonado pelo Poder Local e pelo Baixo Alentejo, pelo que pode trazer muito ao Concelho de Alvito".

Recordando Luís Sá

Com a devida vénia, transcrevo aqui um texto de Vítor Dias, publicado no seu blogue “o tempo das cerejas”, no passado dia 15:

“Memória e saudade do Luís

Completam-se hoje precisamente 10 anos sobre a morte, em circunstâncias absolutamente inesperadas, na sede do PCP na Rua Soeiro Pereira Gomes, e sete dias após o fim de uma extenuante campanha eleitoral a que se dedicara de corpo e alma, de Luís Sá, membro da Comissão Política do PCP e meu queridíssimo amigo e camarada.
E se a sua morte causou então um alargado sentimento de dôr e de tristeza, talvez se possa compreender que esse dia, em que tão cedo e tão jovem desapareceu do nosso convívio, terá ficado especialmente gravado até hoje, qual cicatriz de uma ferida lacerante, na memória e na sensibilidade dos primeiros dos seus camaradas que o encontraram já sem vida no seu gabinete de trabalho.
Enviando nesta dolorosa efeméride um renovado abraço de solidariedade aos seus mais próximos que o amavam, aqui confesso como me custa dizer hoje muito mais sobre este homem de notável inteligência, profundas convicções e enra
izado humanismo, este amigo sólido e insubstituível e este destacado comunista a quem a nossa causa comum da liberdade, da democracia e do socialismo muito ficaram a dever pela sua generosidade, entrega, lucidez e qualidades humanas e políticas.

Adeus outra vez, Luís, não te esquecemos e continuamos a ser muitos e muitas os que acreditam e lutam pelos valores, ideais e projecto a que dedicaste a tua vida, assim renovando e dando futuro ao combates que, antes de nós, muitos outros homens e mulheres de admirável têmpera travaram desde 1921 - ano da fundação do PCP.”

Também eu recordo com muita saudade Luís Sá. Faz-nos falta.

BejaSénior, CaniBeja e Exposição e Concurso de Aves na RuralBeja

"Viver Sénior, o ouro do Alentejo" é o mote para a oitava edição da BejaSénior, certame especialmente vocacionado para os mais velhos mas que assenta a sua programação em actividades que permitam a troca de experiências e saberes entre as diversas gerações e que, mais uma vez, marca presença na RuralBeja.

Integrada no programa da RuralBeja, realiza-se a 24 e 25 a 12ª edição da Canibeja, que contará com a participação de mais de 600 canídeos das mais variadas raças mundiais. No sábado, primeiro dia do evento, as atenções recaem sobre a X Exposição Nacional de Beja, a partir das 10 horas, na Arena multiusos, e no domingo, dia 25, a partir das 10 horas, realiza-se a IV Exposição Especializada de Raças Portuguesas.

A RuralBeja integra ainda a IX Exposição e Concurso de Aves, onde se destaca a presença de 400 canários, 200 aves exóticas, 50 psitacídeos (que incluem papagaios, periquitos e araras, entre outras espécies) e 100 pombos.

RuralBeja traz o campo à cidade de Beja este fim-de-semana

O Parque de Feiras e Exposições de Beja acolhe mais uma RuralBeja entre os dias 23 e 26. Além da ViniPax, OliviPax, RuralBio e BejaSénior, os visitantes poderão também apreciar uma exposição e concurso de aves e uma mostra e concurso de cães.

O Programa de Animação inclui espectáculos com:

- Noite de 23 – o Grupo Coral da Casa do Povo da Salvada, os fadistas Ana Tareco e Carlos Filipe e o Coro Rociero "Cosita Buena", de Almendralejo. 

- Noite de 24 - Festival Internacional de Tunas Académicas "Terras de Cante", que terá a participação da Tuna Universitária de Beja; da Tuna do Distrito Universitário do Porto (vencedora em 2008); da Estudantina Universitária de Lisboa; da Imperial Neptuna Académica - Figueira da Foz; da Copituna d'Oppidana - Guarda; da Tuna de Biologia de Sevilla e da Tuna Feminina Universitária de Beja.

- Tarde de 24 - Festival de Folclore, com a actuação do Rancho Folclórico de Alter do Chão "As Ceifeiras"; do Rancho Folclórico "Verdes Campos", de Jungeiros e do Rancho Folclórico de São Bartolomeu de Messines.

As entradas na RuralBeja são gratuitas.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Um bom registo fotográfico, que é quase uma pintur...

  • João Espinho

    Boa!

  • Anónimo

    Anónimo das 19:20, por mais que nos queira baralha...

  • Anónimo

    Boa resposta! Então os que cá estão nada devem ou ...

  • Anónimo

    Já vens atrasado...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds