Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Voto CDU!

Zé LG Zé LG, 22.09.09

Faço esta afirmação, que me parecia desnecessária, porque algumas pessoas manifestaram interesse em que esclarecesse a minha posição.

Quer nas eleições legislativas quer nas eleições autárquicas voto na CDU, porque, em primeiro lugar, sou militante do PCP, que integra a CDU, e para mim não faz sentido que sendo militante de um partido não vote nele.

Mas não voto só por dever de militante. Voto também porque considero importante o reforço da votação da CDU, para a necessária mudança de rumo da política do governo e para retomar a governação do Concelho de Alvito; porque quer José Soeiro quer João Penetra (e também Luís Beguino) são os melhores candidatos à AR, pelo círculo eleitoral de Beja, e à Câmara Municipal de Alvito, respectivamente, pelas provas dadas ao serviço do povo.

Ainda a procissão vai na praça…

Zé LG Zé LG, 22.09.09

Depois do anúncio da assinatura de um protocolo com vista à elaboração de um plano para construção de um complexo turístico na Barragem de Alvito, a Câmara Municipal de Cuba anuncia agora a apresentação de uma candidatura ao Inalentejo para financiamento do Parque Empresarial prometido há doze anos.

 

Que mais projectos e candidaturas irá ainda anunciar até ao próximo dia 11 de Outubro?

E agora Zé?

Zé LG Zé LG, 22.09.09

José Sócrates, na campanha eleitoral de 2005, disse que 7,1% de desemprego eram a “marca de uma governação falhada, de uma economia mal conduzida”.

 

Agora, que aquela taxa se aproxima dos 10%, José Sócrates deveria acentuar o que disse naquela altura e tirar daí as devidas consequências. Como não foi capaz disso terão de ser os portugueses a indicar-lhe o caminho a seguir.