Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

"Fecha os olhos e ouvidos às razões da revolta"

«O primeiro-ministro reagiu. Indo ao baú dos velhos argumentos, acusou os sindicalistas de serem manipulados pelo PCP. É o mesmo argumento ideológico de antes do 25 de Abril», afirmou o secretário-geral do PCP, refutando a acusação de Sócrates e frisando que «aqueles 200 mil que ali estavam [na manifestação de sexta-feira em Lisboa] não são manipuláveis».

«Mais uma vez, veio transformar-se em vítima, em humilhado e ofendido. Ofende-se com o grito de revolta, mas fecha os olhos e ouvidos às razões dessa revolta», afirmou Jerónimo de Sousa.

José Sinogas garantiu não se recandidatar à Câmara de Mora

“Não vou (recandidatar-me) e a decisão foi tomada há três meses atrás. Um dos grandes objectivos que tinha era recolocar Mora na NUT III onde sempre deveria ter estado, bem como vencer os oito presidentes de câmara do PS. Consegui tudo isso e como tal saio satisfeito e com a minha missão cumprida. … Isto foi resolvido, penso que devo dar o lugar a outros, o partido há-de ver quem será. Eu estou disponível para outro lugar, por exemplo para a Assembleia Municipal, mas acho que chegou a altura de sair. Dezasseis anos de trabalho à frente da Câmara foram trabalhosos e acho que não devo continuar. A decisão é irreversível. Não estou com medo de nada, até porque sei que se me candidatasse aumentaria o número de votos.”

 

José Sinogas em entrevista ao Diário do Sul.

Saias e Glória candidatos do CDS-PP ao Município de Portel

O CDS-PP concorre pela primeira vez às eleições autárquicas no concelho de Portel.

A lista candidata à Câmara Municipal é encabeçada por Rui Saias, de 36 anos, encarregado fabril, enquanto a lista à Assembleia Municipal é encabeçada pela presidente da “Concelhia” local dos centristas, Glória Monteiro Luís, advogada e empresária na área do turismo rural.

Comentários recentes

  • João Espinho

    Bem escrito, Lopes Guerreiro. Destaquei lá na minh...

  • Anónimo

    Há espaço para todos com certeza! Que o digam as c...

  • Anónimo

    Tenho todo o gosto em lhe responder de modo claro!...

  • Anónimo

    Muito bem! Exemplo de como uma ideia simples pode ...

  • Anónimo

    Devemos viver num planeta diferente, porque neste ...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds