Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Porque quis o governo controlar o BPN,

propondo, primeiro, a sua aquisição através da CGD e, depois nacionalizando-o, "Quando pela primeira vez em anos, um conselho de administração faz a contra-maré, identifica imparidades, trava pela primeira vez práticas ilícitas e negócios ruinosos, começa a identificar responsáveis e a entregá-los à justiça... Quando tudo isto está a acontecer, vem o Governo e usa a bomba atómica, que é a nacionalização", como afirmou Miguel Cadilhe, na audição na Assembleia da República, onde acusou a supervisão, designadamente o Banco de Portugal, de ter falhado redondamente?

 

Concessão rodoviária Baixo Alentejo vai ser adjudicada

ao consórcio liderado pela Edifer,

e formado também pelo grupo espanhol Dragados

e pelos construtores nacionais Tecnovia e Conduril,

num investimento previsto de 690 milhões de euros.

Esta concessão vai ter uma extenção de 344 quilómetros,

dos quais 124 serão construídos de raíz,

e inclui a construção dos lanços do IP8,

entre Sines e Beja,

do IP2, entre Évora e S. Marcos

e da ER 261-5, entre Sines e Santo André.

A beneficiação e conservação de outras estradas

já em serviço também estão incluídas nesta concessão,

que se prevê estar integralmente operacional em 2011.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Não podes estar mais longe. O eterno e sempre à mã...

  • Anónimo

    Se há tanta clarividência acerca da geringonça com...

  • Anónimo

    Sem dúvida, sobretudo os grandes interesses capita...

  • Anónimo

    Tal e qual ... até que enfim que alguém vai ao cer...

  • Anónimo

    Esta técnica de mal-dizer é cronicamente utilizada...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds