Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

INALENTEJO contratualizou a gestão de 255,9 ME com as Associações de Municípios

O INALENTEJO e as Associações de Municípios assinaram Contratos de Delegação de Competências com Subvenção Global, no valor global de 255,9 ME (milhões de euros), 1/3 do montante global da dotação consignada no Programa Operacional Regional do Alentejo, distribuídos pelos diversos Eixos, provenientes do FEDER, correspondendo a uma taxa média de 60% de co-financiamento.

A AMBAAL ficou responsável pela gestão de 44,9 ME, a AMDE de 58,0 ME, a AMLA de 33,0 ME, a AMNA de 48,0 ME e  a Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo – CIMLT de 72,0 ME. Os municípios podem ainda beneficiar de outros co-financiamentos, previstos nos regulamentos de outros Eixos do INALENTEJO, que não são objecto de contratualização, como é o caso das Parcerias para a Regeneração Urbana e das Redes Urbanas para a Competitividade e Inovação.

Afinal Portugal está mesmo a entrar em recessão...

Depois de tantos desmentidos e acusações várias a quem tal dizia estar a acontecer eis que o primeiro-ministro acabou, ontem, por reconhecer que o país entrou em recessão. Hoje veio o governador do Banco de Portugal dizer o mesmo, antecipando a confirmação do INE, que acontecerá dentro de dias.

Porque será que estes responsáveis, com todas as informações, só agora "descobriram" o que as oposições já há tanto tempo tinham anunciado? Parece que fingir desconhecer o óbvio e empurrar os problemas para a frente começa a não dar...  

Comentários recentes

  • Anónimo

    É para chorar... Assim, como querem fixar populaçã...

  • Anónimo

    A dita M. está em recuo...

  • João Espinho

    @Anónimo 22.10.2019 22:30 - isso é para rir?

  • Anónimo

    Bem, a reboque disso, reformulam-se as direcções r...

  • Anónimo

    Ah, estamos bem... temos taxas de água, esgoto e l...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds