Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

VII Gala Mais Alentejo

realizou-se, no passado Sábado, no Convento do Espinheiro, em Évora, organizada pela revista Mais Alentejo, apresentada por Carla Matadinho e Fernando Pereira e abrilhantada pela actuação musical dos Adiafa, Paco Bandeira, Tim (dos Xutos & Pontapés), Trio Odemira e do próprio Fernando Pereira.

Nela foram entregues o Prémio Prestígio Mais Alentejo a Henrique Granadeiro; Prémio Carreira: de Televisão a José Carlos Malato, Política a Carlos Zorrinho, Tauromaquia a João Moura, Empresas a Leonel Cameirinha, Artes Plásticas a António Cachola, Gastronomia a Manuel Fialho, Iniciativa a Manuel Castro e Brito, Rádio a João Chaves, Jornalismo a Rui Cardoso Martins, a Autarquias a Alfredo Barroso e Música a Trio Odemira.

Foram ainda atribuídos prémios a: Herdade do Esporão (Mais Publicidade), António Almodôvar (Mais Crónicas), Vítor Mendes (Mais Criatividade), Jorge Pulido Valente (Mais Então Vá), Badoca Park (Mais Turismo), Herdade do Grous (Adegas), Convento do Espinheiro (Dormidas), Dom Joaquim (Manjares), Departamento do Património Histórico e Artístico da Diocese de Beja (Mais Património), Maria Leal da Costa (Mais Artes Plásticas), Nicola Di Nunzio (Mais Fotografia), Pim Teatro (Mais Teatro), Adiafa (Mais Música), Mário Zambujal (Mais Literatura) e Mais Alentejo (Mais Jornalismo) – este último galardão acabou por ser entregue ao jornal Diário do Alentejo (segundo mais votado naquela categoria), por decisão do director da revista Mais Alentejo, Inês Aragão (Mais Desporto), EDIA (Mais Empresas), Fundação Eugénio de Almeida (Mais Iniciativa), António Tereno (Mais Autarca) e Norberto Patinho (Mais Política).

 

9º ECA - Encontro Nacional de Comunicação Autárquica

 

terá lugar nos próximos dias 27 e 28, no Fórum Eugénio de Almeida, em

Évora, no qual participarão mais de uma centena de técnicos de comunicação em autarquias de norte a sul do país e que terá como tema “Património e Cultura”, opção a que não é estranho o facto de Évora ser uma cidade Património Mundial.

 

Classificado há 22 anos como Património da Humanidade pela UNESCO

“Temos assistido nestes últimos seis ou sete anos a um centro histórico que vai morrendo aos poucos”, disse a vereadora da CDU Clara Grácio a propósito da distinção atribuída pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura, em 1986. Para a vereadora comunista, tem havido “uma falta de investimento, tanto no património, como nas pessoas”.

António Dieb, vereador do PSD, apontou, por seu turno, “a reabilitação do património, quer o público, quer o privado”, como um dos grandes desafios do centro histórico de Évora, lamentando que “as prioridades tenham sido outras”, sugerindo um entendimento entre as forças políticas na Câmara de Évora para “aperfeiçoar” o centro histórico “à vontade de todos”.

 Foto retirada daqui.

 

Comentários recentes

  • Anónimo

    Fartura de partidos! Tudo quanto é demais não pres...

  • Anónimo

    Tem razão! No entanto é necessário não perder voz,...

  • Anónimo

    Foram buscar o antigo imperador JR .....dizem que ...

  • Anónimo

    O Imperador está suficientemente saudável para c...

  • Anónimo

    As odalascas vêm com o calor...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds