Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Valito inaugura exposição “o expandir da cor” em Lisboa

Florival Candeias, (Valito), inaugura em Lisboa, na Livraria Círculo de Letras, a exposição "o expandir da cor", que seguirá depois para os Açores, em Janeiro, e vários municípios alentejanos, incluindo Alvito, com a colaboração do Museu Jorge Vieira de Beja e das Câmaras Municipais de Alvito e de Beja.

Nesta inauguração será também apresentado o novo catálogo que apresenta algumas das principais obras do pintor, reconhecido pela qualidade do seu trabalho e que já mostrou a sua arte em diversos locais de Portugal e do estrangeiro, tendo obtido vários prémios.

 

Porque não deixaram que se mantivesse calada?

Manuela Ferreira Leite, uma vez eleita presidente do PSD, remeteu-se ao silêncio. Incomodados, militantes e dirigentes, simpatizantes e adversários, reclamaram que falasse. Embora contrariada, passou a falar e, então, toda a gente percebeu porque se queria manter em silêncio: Sempre que fala revela-se e mostra que “não tem vida” para aquilo e como está fora do nosso tempo.

Como se tudo isso não bastasse, veio agora sugerir que se fizesse um intervalo de seis meses na democracia, se “metesse tudo em ordem” e se voltasse, depois, à democracia. Ou seja, para Manuela Ferreira Leite, a democracia não passa de uma bagunça, que precisa de uns intervalos autoritários para por ordem no país.

 

O Correio do Marquês

Um blogue de alguns para todos os Alvitenses” é assim que se caracteriza o novo blogue, criado, há dias, em Alvito, que garante que “Seremos pois o Provedor do Povo de Alvito!”

Vamos ver o que vai ser e no que vai dar. É pena que os seus autores não se identifiquem, o que, logo à partida, suscita algumas reservas, principalmente, quanto à sua frontalidade, o que, infelizmente, é muito frequente na “blogosfera”.

 

Mais Alentejo determinada pelos anunciantes

“Tanto quanto sei e posso comprovar (lendo-a) esta revista mais não faz do que ir atrás dos seus interesses publicitários, publicando temas (sejam notícias, entrevistas ou reportagens) que dizem respeito a uma autarquia, por exemplo, se a própria se comprometer a anunciar uma festa ou romaria local. Não é o interesse do leitor, a pertinência dos temas que urge colocar em primeiro lugar. Quem dita as regras e os alinhamentos desta revista são os seus anunciantes.” - escreveu EuFêmea.

 

Comentários recentes

  • Anónimo

    Fartura de partidos! Tudo quanto é demais não pres...

  • Anónimo

    Tem razão! No entanto é necessário não perder voz,...

  • Anónimo

    Foram buscar o antigo imperador JR .....dizem que ...

  • Anónimo

    O Imperador está suficientemente saudável para c...

  • Anónimo

    As odalascas vêm com o calor...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds