Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Mata Cáceres defende ligação da A23 e A6

Zé LG, 05.12.07

Mata Cáceres, presidente do Município de Portalegre, defende a ligação rodoviária entre as auto-estradas A23 e A6.

 

Em declarações à Rádio Elvas, o autarca afirmou "que como se vai, em princípio, fazer a plataforma logística e a paragem do TGV, faz todo o sentido que de Portalegre para Sul se faça uma ligação em direcção a Elvas e não a Estremoz”, sublinhando que Portalegre já tem uma ligação a Estremoz pelo IP2 e por isso defende a ligação rodoviária entre as auto-estradas A23 e A6.

Delegação da CE apreciou “Águia de Bonelli” em Almodôvar

Zé LG, 05.12.07

Almodôvar recebeu, hoje, uma delegação da Comissão Europeia, com o objectivo de fazer o ponto de situação do projecto "Conservação das Populações Arborícolas de Águia de Bonelli em Portugal".

Este projecto, candidatado e aprovado pela Comissão Europeia, tem a duração de 4 anos, decorrendo até 2010, com o objectivo de desenvolver acções sobre a espécie e seus habitats no Sul de Portugal visando a sua conservação e onde serão investidos 2 milhões de euros.

Vitifrades 2007

Zé LG, 05.12.07

A edição deste ano da Vitifrades, as 10.ªs Festas Báquicas realizam-se, de 6 a 9 deste mês, em Vila de Frades, integram as 1ª Jornadas Vitivinícolas, com o objectivo central de debater diversos aspectos relacionados com os vinhos históricos.

O programa da Vitifrades 2007 inclui também um colóquio sobre “A importância dos Museus do Vinho na Promoção dos Vinhos Portugueses”, “A Estratégia da Promoção dos Vinhos Portugueses”  e “Turismo do Vinho”!, o 10.º Concurso "Os Melhores Vinhos da Talha”, a Maratona Fotográfica, o I Concurso "O Vinho na Culinária" e Rota das Adegas, com Animação Musical.

O programa completo e mais informações podem ser consultados

aqui.

Regresso ao passado

Zé LG, 04.12.07

Aos poucos e poucos (às vezes, não são assim tão poucos...), muita coisa tem voltado a ser como era antes do 25 de Abril.

Grandes herdades voltaram a ficar de pousio (agora por causa da PAC e não só), onde foram, de novo, criadas coutadas, e todas fechadas com cercas para o gado e para a caça mas também para impedir a circulação de "intrusos". Até os caminhos públicos são fechados, sem que as autoridades impeçam a sua apropriação pelos proprietários.

A imagem mostra apenas um dos inúmeros exemplos do que escrevi.

E se o resultado tivesse sido ao contrário?

Zé LG, 03.12.07

A Venezuela votou maioritariamente (51%) NÃO no referendo sobre as alterações constitucionais propostas pelo Presidente Hugo Chavez.

Como tinha garantido, Hugo Chavez acatou democraticamente o resultado do referendo.

Face ao que aconteceu, apetece-me perguntar: Como teriam reagido as oposições "democráticas" se o resultado tivesse sido favorável ao "ditador" Hugo Chavez? Teriam reagido democraticamente, acatando o resultado ou teriam, como fizeram na campanha, acusado o Presidente de estar a promover um golpe de estado? É que, ás vezes, parece que a democracia só existe e funciona quando os resultados são favoráveis ao "pensamento único", que alguns insistem em impor...

“O meu brinquedo - a criatividade da criança africana” em exposição em Alvito

Zé LG, 03.12.07

A exposição intitulada “O meu brinquedo - a criatividade da criança africana”, composta por 76 brinquedos originais construídos por crianças de vários países africanos, fruto da colaboração de ONG’s de cinco países europeus, incluindo Portugal, é inaugurada, esta tarde, às 18h00, no Centro Cultural de Alvito.

A exposição, patente ao público até ao dia 30, pode ser apreciada de Terça-Feira a Sábado das 9h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30.

Autarquias pretendem classificação PIN para projecto conjunto de energias renováveis

Zé LG, 03.12.07

Os municípios de Vidigueira, Barrancos, Mértola, Moura, Estremoz e Évora estão a preparar um projecto conjunto de investimento na área das energias alternativas, num total de 4 500 milhões de euros, que pretendem que seja classificado como PIN – Projecto de Interesse Nacional pela Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP).

O presidente da Câmara Municipal de Vidigueira, Manuel Narra, reuniu, na última Sexta-Feira, com a AICEP para fazer um ponto da situação do projecto, que vai ser debatido e explicado numa sessão púbica a realizar, este mês, na Vidigueira.

Fuga ao fisco e branquemaneto de capitais

Zé LG, 02.12.07

 

Há dias, na Assembleia da República, o secretário de Estado dos Assuntos Fiscais garantiu que grandes empresas de construção civil fogem ao fisco.

 

No dia seguinte, precisando melhor o que dissera antes, afirmou que essas empresas não só fogem ao fisco como também fazem branqueamento de capitais.

O presidente da CIP, em reacção àquelas declarações do secretário de Estado, não só não mostrou qualquer surpresa como, ainda por cima, as confirmou.

A associação das empresas de construção civil, reuniu com o presidente da CIP, não para exigir que esclarecesse quais as empresas que cometem esses crimes, de forma a separar as empresas cumpridoras das criminosas, mas para que ele se retratasse e, como ele não o fez, decidiu abandonar aquela confederação patronal.

O Procurador-Geral da Republica afirmou, em entrevista à revista Visão, que, “Branqueamento de capitais e crimes transnacionais, com esta lei, nunca mais serão investigados”.

Perante esta grave situação interrogamo-nos:

- O que é que o secretário de Estado e o governo têm feito para travar aqueles crimes e condenar os criminosos? Limitaram-se a constatar e, agora, a divulgar a situação?

- O que fez a Assembleia da República, cada um dos grupos parlamentares e os partidos políticos nela representados? Limitaram-se a tomar conhecimento?

- O que fez o Presidente da República, que tanto tem falado da necessidade de combater a corrupção e outros crimes económicos?

- O que fez o sistema judicial, para além do Procurador-Geral da República ter realçado a sua impotência perante a nova legislação?

- Porque nada fizeram a não ser esperar que a onda passasse?

É mau demais para ser verdade!

Mas a realidade é que parece que é assim mesmo. Bonitas palavras e promessas de tudo fazerem para combater a corrupção, o branqueamento de capitais e outros crimes económicos e, na prática, nada fazem para dar combate efectivo a esses crimes.

E se é assim, talvez seja porque têm rabos de palha, porque ganharam alguma coisa com a situação, ou, pelo menos, alimentam expectativas de poderem comer alguma coisa.

Perante esta situação, não podemos deixar de recordar a velha história do Rafael Bordalo Pinheiro, que caricaturou a política com uma porca em que os políticos eram os porquinhos que nela mamavam.

A forma com a generalidade dos poderes instituídos se estão a comportar perante os crimes de colarinho branco, que retratei sumariamente, parece indiciar que a porca está a ser bem tratada e que os porquinhos estão a ser bem alimentados…

Esperava-se que a nossa democracia não chegasse a esta pouca vergonha…

Com comportamentos destes não admira que o nosso país continue a ocupar um lugar pouco prestigiante no ranking da corrupção e outros crimes económicos.

 

Lido na Rádio Terra Mãe, em 29 de Dezembro de 2007

Refinaria em Badajoz "ameaça" águas do Guadiana

Zé LG, 01.12.07

A instalação da refinaria Balboa, um projecto apoiado pela Junta da Estremadura, que poderá "nascer" na Serra de São Jorge, província de Badajoz, a cerca de 50 quilómetros da fronteira com Portugal, está a preocupar associações ecologistas portuguesas, que alertam para os "riscos de contaminação" das águas do Guadiana e "ameaças" às valências agrícola, de abastecimento público e turística, de Alqueva.

A refinaria "poderá contaminar com hidrocarbonetos as águas superficiais e subterrâneas do Guadiana, incluindo a albufeira do Alqueva, os solos do leito e as margens do rio" e "Tudo isto poderá ameaçar a atractividade do turismo e dos empreendimentos previstos para a região", alertou Carlos Costa, o presidente do Grupo de Estudos de Ordenamento do Território e Ambiente, em declarações à agência Lusa.