Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Será que o "Diário do Alentejo ainda não sabe

que vai ter um novo Director, o jornalista João Matias, em substituição de Francisco do Ó Pacheco?

Acabei agora mesmo de folhear, por diversas vezes, a edição de hoje do jornal e não encontrei qualquer notícia sobre o assunto.

Depois da decisão daquela nomeção ter sido tomada na passada Segunda-Feira e noticiada por vários órgãos de comunicação social, é caso para perguntar: "Os da casa são os últimos a saber" ou há "razões que a razão desconhece"?

“A Igreja de Nossa Senhora dos Prazeres” apresentada hoje

 

“A Igreja de Nossa Senhora dos Prazeres – Arte e História de um Espaço Barroco (1672 – 1698)”, obra da autoria de Vítor Serrão, da Academia Nacional de Belas-Artes, Francisco Lameira, da Universidade do Algarve, e José António Falcão, da Universidade Católica,  publicada pela Alêtheia Editores, Departamento do Património Histórico e Artístico da Diocese de Beja (DPHADB) e o grupo Jerónimo Martins é apresentada, hoje pelas 18.30 horas, na Igreja dos Prazeres, em Beja.

"O Pégaso de Alexandreina" estreia hoje em Castro Verde

"O Pégaso de Alexandreina", o segundo filme de ficção realizado pelo professor Joaquim Rosa com alunos da Escola Secundária de Castro Verde (ESCV), rodado em Castro Verde, nas grutas de Alvito e no Parque da Mina de Vale de Boi em Monchique, estreia hoje, às 21h30, no Cine-Teatro de Castro Verde.

O argumento do filme, com cerca de 50 minutos, foi escrito pelos professores Joaquim Rosa e Paula Freire, com a colaboração dos alunos "actores", e a banda sonora é da autoria de um outro professor da escola, José Micael.

Rodado no último ano lectivo, durante seis meses, o filme, integrado no trabalho pedagógico da ESCV no campo da educação para os media, envolveu 28 colaboradores, entre os quais estão cinco "jovens actores" e alunos da escola, entre os 13 e os 15 anos e que interpretam as personagens principais.

Depois da estreia, adiantou o realizador, a película, que teve um orçamento de 2500 euros e contou com o apoio da Câmara Municipal, juntas de freguesia e cooperativa de informação e cultura Cortiçol do concelho, vai ser lançada em vídeo "dentro de dois meses" e exibida em cine-teatros de alguns concelhos vizinhos.

Crise do mercado de trabalho desde 2001

A taxa de desemprego situava-se, no terceiro trimestre deste ano, nos 7,9%, mais 0,5 pontos percentuais do que no mesmo período do ano anterior. Esta taxa é mais elevada para os trabalhadores mais jovens, chegando aos 16% para os menores de 25 anos (20% no segmento feminino).

O número de insatisfeitos com o seu emprego tende a acompanhar a evolução do desemprego. Desde 2000, o universo de desempregados disparou 115% para 444 mil, enquanto o número de pessoas empregadas que pretende obter novo emprego cresceu 104% para 145 mil, ou seja, 2,8% da população empregada, revelam dados do INE.

Em termos homólogos, este é o número mais elevado desde 1998 e reflecte a crise em que o mercado de trabalho mergulhou desde 2001.

 

In: DN

Comentários recentes

  • Anónimo

    M. Frade, não compreendeu o que petendi dizer com ...

  • Munhoz Frade

    Quis dizer “gerar” e não “gerais”. Não reparei na ...

  • Anónimo

    Seria voltar a focar as questões ligadas ao modo d...

  • Munhoz Frade

    Um pouco de polémica, meu caro ZLG:Sabemos que cau...

  • Anónimo

    É pena que o próprio DA não se tenha interessado p...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds