Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

"Made in China" em Beja

A primeira edição do projecto "Mundo Global", com o título "Made in China", dedicada à cultura chinesa, começa hoje e decorre até 7 de Outubro, organizada pela Câmara Municipal de Beja, com o patrocínio da Embaixada da República Popular da China e o apoio do Centro Científico e Cultural de Macau, da Liga dos Chineses em Portugal e do Jornal Sino Pu Hua Bao, entre outros.

Do Programa do "Made in China" destacam-se as exposições fotográficas e os filmes documentais, para além de variados ateliers e workshops que incidem sobre determinadas actividades típicas da China - Atelier de Máscaras Chinesas, Workshop de Tai Chi, Acupunctura e Workshop de Chi Kung.

 

Governo atribui subsídios a 9 concelhos do PS e 1 do PSD

O secretário de Estado Adjunto (do Primeiro-Ministro) e da Administração Local, Eduardo Cabrita, esteve, ontem, no Alentejo, a fim de assinar contratos programa com diversas associações dos distritos de Évora e Portalegre.
Em Évora, com a Fábrica Paroquial da Freguesia de Nossa Senhora das Neves do Sobral de Borba, com o Clube de Ténis de Évora, com o Clube de Futebol de Estremoz, com o Atlético Sport Clube de Reguengos de Monsaraz, com a Sociedade União Perolivense de Reguengos de Monsaraz, com a Associação de Desenvolvimento, Acção Social de Defesa do Ambiente de Portel e o Clube Columbófilo de Portel.
Em Portalegre, com o Coro Infantil dos Assentos, o Centro Cultural e Recreativo de Domingos da Vinha no Gavião, o Centro Cultural e Desportivo de Reguengo, a Fábrica da Igreja Paroquial da Freguesia do Crato, a Fábrica da Igreja Paroquial da Freguesia de Arronches, a Santa Casa da Misericórdia do Crato e a Fábrica da Igreja Paroquial da Freguesia de Terrugem.

Se verificarmos com atenção concluiremos que, dos 10 concelhos beneficiados - Borba, Évora, Estremoz, Reguengos de Monsaraz (2) e Portel (2), do distrito de Évora, e Arronches, Crato (2), Elvas, Gavião e Portalegre (2), no distrito de Portalegre, – apenas um (Portalegre) não é de maioria do PS.

Ninguém reparou na “coincidência” de só serem beneficiados concelhos do PS, com uma única excepção? Ninguém se incomoda com isso? E isso insere-se “nos objectivos do governo” e é uma “aposta do desenvolvimento equilibrado e harmónico do todo nacional”, conforme a informação da CCDRA. É esta a isenção com que o governo distribui os dinheiros do Estado?

Comentários recentes

  • Anónimo

    E o PS não se sente incomodado com a saúde no Dist...

  • Anónimo

    CIDADE DE PANHONHAS...

  • Anónimo

    Agora é passado, mais uma vez. A ULSBA não terá es...

  • Anónimo

    Fazendo uma análise mais profunda verificamos que ...

  • Munhoz Frade

    Sobre o anúncio da criação de Centros de Responsab...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds