Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Cidades com maior poder de compra

Segundo o Estudo Sobre o Poder de Compra Concelhio 2005, divulgado pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), o Alentejo situava-se a meio da tabela, com um poder de compra superior às regiões Norte, Centro e Autónoma dos Açores, embora inferior à média (85,5), a que foi atribuído o valor 100. No topo estavam Lisboa (137,3), Algarve (113) e Madeira (96,6).

Évora (117,48), Sines (114,53), Beja (108,06) e Portalegre (106,52) eram os únicos concelhos do Alentejo que apresentavam um poder de compra por habitante superior à média. Os concelhos de Santiago do Cacém (94,82%), Vendas Novas (92,24%), Campo Maior (91,32%) e Elvas (90,19%) eram os que mais se aproximavam da média nacional, enquanto que os 10 concelhos com menos poder de compra por habitante eram Mourão (51,61), Barrancos (52,12), Mértola (53,86), Alandroal (54,78), Portel (55,47), Alvito (58,69), Gavião (58,92), Arronches (59,30), Marvão (59,33) e Avis (59,96).

No estudo, que decorre de informações relativas aos anos 2004 e 2005, são disponibilizados três indicadores: poder de compra por habitante, a percentagem do poder de compra, que representa o peso de cada município no total do País, e o factor dinamismo relativo (FDR), que mede essencialmente o poder de compra decorrente dos fluxos populacionais de cariz turístico, frequentemente com natureza sazonal.

“É preciso ter descaramento”

O Ministério da Administração Interna (MAI) diz que não recebeu os relatórios das autarquias sobre os prejuízos causados pela intempérie de Novembro de 2006, enquanto as autarquias garantem que entregaram os documentos ao Governador Civil de Beja, que assegura que os encaminhou para o MAI.

 

 

“É preciso ter descaramento” - foi a reacção de Fernando Caeiros, presidente da Câmara Municipal de Castro Verde, à Voz da Planície recordando que entregou, à semelhança de outros autarcas, um relatório e o pedido de apoio sobre os prejuízos inventariados, numa reunião, marcada pelo Governador Civil de Beja, para fazer o ponto de situação, e o encontro, realizado no início deste ano, em Beja, que juntou os autarcas e vários membros do Governo, onde abordou, mais uma vez, a questão dos apoios aos municípios afectados pelo mau tempo.

II Rural Caça em Évora

A II edição da Rural Caça realiza-se, em Évora, de 28 a 30, organizada pela Câmara Municipal de Évora, em parceria com a FENCAÇA, na vertente técnica, política e científica, e um terceira entidade especializada na organização logística.


A par da exposição, o programa da Feira inclui um grande debate nacional sobre a fiscalização e os incêndios, para o qual foram convidados o Ministro da Agricultura e o Secretário de Estado da Administração Interna, entre outras personalidades, provas de Santo Huberto, corridas de galgos e todo o tipo de iniciativas ligadas à caça e pesca.

 

1.ª Feira da Biodiversidade Agrícola em Odemira

"Ao Encontro da Semente" é o tema da 1.ª Feira Ibérica da Biodiversidade Agrícola, promovida pelo Município de Odemira e a Associação Colher para Semear - Rede Portuguesa de Variedades Tradicionais, que se realiza na Biblioteca Municipal de Odemira, entre os dias 29 e 30, com o objectivo de incentivar o cultivo de variedades locais e contribuir para a protecção das sementes tradicionais e para a conservação da Biodiversidade agrícola.

Programa e mais informações: http://www.cm-odemira.pt/

Secretário de Estado Adjunto e da Administração Local em Elvas

O secretário de Estado Adjunto e da Administração Local, Eduardo Cabrita, visita o concelho de Elvas, na próxima Sexta-Feira, para presidir à inauguração da nova sede da Sociedade Recreativa, Popular e Desportiva Juventude de Santa Eulália, à assinatura do protocolo entre a Paróquia da Terrugem e a Secretaria de Estado da Administração Local, para as obras de recuperação da Igreja da Terrugem, e à inauguração do Rossio de São Francisco, na cidade de Elvas.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Tristeza de comentário!

  • Anónimo

    Vamos lá ver como é que os nossos políticos e afin...

  • Anónimo

    Fartura de partidos! Tudo quanto é demais não pres...

  • Anónimo

    Tem razão! No entanto é necessário não perder voz,...

  • Anónimo

    Foram buscar o antigo imperador JR .....dizem que ...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds