Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Portela/Beja: a solução aeroportuária para o País

Carapeto Dias, Técnico reformado da TAP, defende, no DA desta semana, a solução Portela/Beja, com o aproveitamento do aeroporto de Beja e a sua transformação em Aeroporto Intercontinental de Portugal, concluindo assim o seu texto de opinião:

“A imaginação ajuda-nos a encontrar soluções simples para problemas complexos! Mas porque a sugestão encontrada é uma solução simples, também a sua contestação é fácil, sendo o argumento mais utilizado o da distância relativamente a Lisboa. Como se Lisboa não pudesse continuar a ser servida pela Portela.”

“Guadiana: um rio com passado e futuro”

A Câmara Municipal de Mértola e a Merturis – Empresa Municipal de Turismo

promovem, hoje, a iniciativa

“Guadiana: um rio com passado e futuro”,

que inclui um cruzeiro, nas embarcações “Vendaval” e “Saramugo”, entre Vila Real de Santo António e o Pomarão, em cujo Centro de Interpretação é inaugurada, às 17h30, a exposição itinerante de réplicas de barcos tradicionais, que navegaram no Baixo Guadiana até meados da década de 60 do século XX

“Barcos Tradicionais do Baixo Guadiana”, de José Murta, seguindo-se a apresentação do livro

“Roteiro do Baixo Guadiana”, da autoria de José Gomes.

 

Mais informação aqui

CMB e CVP criam lar na Colina do Carmo

A Câmara Municipal de Beja (CMB) e a Cruz Vermelha Portuguesa (CVP) vão criar um Lar de Apoio à Terceira Idade com capacidade mínima de 50 e máxima de 70 utentes, que poderá, ainda, integrar serviços de apoio domiciliário e fisioterapia, bem como a Unidade de Socorro da delegação de Beja da CVP e os seus serviços administrativos.


A Câmara Municipal de Beja vai ceder, para o efeito, um lote de terreno na Colina do Carmo e facultar apoio técnico na fiscalização da obra, que deverá iniciar-se no prazo máximo de seis meses após aprovação dos projectos e ficar concluída no prazo de 18 meses.

 

A autarquia entende que este tipo de acções devem ser desenvolvidas em colaboração com entidades de reconhecida idoneidade, capacidade e vocação humanitária pelo que escolheu a Cruz Vermelha Portuguesa como parceira, porque pode contribuir com o seu conhecimento e a sua experiência para a melhoria efectiva da vida das populações e, em especial, dos mais vulneráveis.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Tristeza de comentário!

  • Anónimo

    Vamos lá ver como é que os nossos políticos e afin...

  • Anónimo

    Fartura de partidos! Tudo quanto é demais não pres...

  • Anónimo

    Tem razão! No entanto é necessário não perder voz,...

  • Anónimo

    Foram buscar o antigo imperador JR .....dizem que ...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds