Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Debate em vez de troca de galhardetes

As declarações feitas, há algumas semanas, por Francisco Santos, presidente da Câmara Municipal de Beja, sugerindo que a Universidade de Évora se transformasse em Universidade do Alentejo, ainda não pararam de provocar rondas de choque.

 

Agora, foi a vez de José Luís Ramalho, presidente do Instituto Politécnico de Beja, em entrevista ao programa “Contra Factos” da Rádio Pax, dizer estranhar e não compreender aquelas declarações, que considera “deselegantes”, por insinuarem uma falta de confiança da direcção do IPB na direcção da Universidade de Évora, o que não é verdade, e que revelam um desconhecimento da realidade

 

“Porque não fazer já a reorganização da rede de ensino superior no Alentejo, sem paternalismos de quem quer que seja e com respeito por todas as zonas da região, de forma a constituir um forte contributo para o reforço da sua coesão interna?”, perguntei eu, aqui no Alvitrando, no dia 2 de Junho.

 

Reforço essa pergunta agora com uma outra: Porque é que em vez da troca de galhardetes na comunicação social, não promovem um debate, com a participação de todos os interessados sobre o futuro do ensino superior no Alentejo?

 

O presidente do IPB, em vez de se colocar na posição de “guardião do templo”, não faria melhor se, num gesto de humildade e de quem nada tem a recear, promovesse esse debate?

 

José Luís Ramalho só tem a ganhar com essa iniciativa.

Turismo de Portugal premeia Portalegre

A Câmara Municipal de Portalegre ganhou um dos prémios da 2ª edição dos Prémios Turismo – Valorizar o Espaço Público, pelo Centro de Congressos, Galeria de Exposições Temporárias e o Posto de Turismo, atribuídos pelo Turismo de Portugal.

“Travar o desmantelamento da Administração Pública”

Milhares de trabalhadores da Administração Pública manifestam-se, hoje, a partir das 15h00, em Lisboa, no Marquês de Pombal, seguindo depois a pé até à Assembleia a República, para contestarem “o desmantelamento da Administração Pública, levado a cabo pelo Governo, através da concretização de um conjunto de políticas de que destaca a revisão dos regimes de vínculos, carreiras e remunerações.”

Comentários recentes

  • Anónimo

    A ilegalidade foi resolvida...da noite prp dia...a...

  • Anónimo

    o homem tirou um MBA no Politecnico de Santarem !!...

  • Anónimo

    Mas um secretário de estado é engenheiro de Evora ...

  • João Espinho

    @Anónimo 23.10.2019 14:07 - não diga uma coisa de...

  • Anónimo

    em meia duzia de frases retrata fielmente o consul...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds