Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Associações de municípios respondem a Bruxelas

As associações de municípios envolvidas no projecto de “Abastecimento de Água em Alta e Saneamento do Alentejo” reuniram, ontem, em Cuba e aprovaram um documento de resposta a Bruxelas, que vai ser agora enviado ao governo português e à Comunidade Europeia.

 

"Na exposição são contrapostos os argumentos que levaram Bruxelas a inviabilizar a aprovação do projecto", segundo Manuel Camacho. O presidente do Conselho de Administração da AMALGA referiu que "as razões apresentadas são políticas e não técnicas" e acrescentou que “com ou sem apoio de Bruxelas, com parceiros credíveis, vamos mostrar ser capazes de colocar a funcionar um sistema intermunicipal com a vontade expressa dos municípios que o integram”.

 

Manuel Camacho disse também que a "AMAMBE e a AMALGA continuam a preferir o sistema intermunicipal" e que as outras duas Associações AMCAL e AMLA "pretendem equacionar outras possibilidades".

Castelo de Montemor-o-Novo com centro interpretativo

O centro interpretativo do Castelo de Montemor-o-Novo, instalado na Igreja de São Tiago, é inaugurado amanhã.

 

O projecto, desenvolvido pela autarquia local, "irá proporcionar um melhor acolhimento e informação sobre a antiga vila de Montemor-o-Novo".

A Igreja de São Tiago "é um edifício com mais de 700 anos que se encontrava bastante degradado, tendo sido necessária e imperativa a sua reabilitação e adaptação", que mantém "a memória visível daquele espaço, fazendo a ponte da nova intervenção com o passado, que se pretende honrar e respeitar", explica o município montemorense.

Projecto de Mobilidade Sustentável

Beja, Mértola, Ourique e Serpa fazem parte do Projecto de Mobilidade Sustentável, que envolve 40 municípios de Norte a Sul do País e a que concorreram 124 municípios, dos quais 84 ficaram de fora.

 

O condicionamento do uso de transportes particulares e a criação de formas de mobilidade sustentável, com menos impacto no ambiente e melhor qualidade de vida é o grande objectivo deste projecto que envolve os ministérios do Ambiente, da Cidades e dos Transportes.

Este projecto, que conta com um orçamento de 200 mil euros, prevê a elaboração de três relatórios para cada município, um contendo o diagnóstico, outro os objectivos e um documento final com as propostas.

A ideia é que cada plano de mobilidade sustentável, a realizar nos 40 concelhos seleccionados, possa determinar o que é mais adequado para cada local.

Delta Cafés eleita marca de confiança pelo 6º ano consecutivo

A empresa alentejana Delta Cafés foi eleita, pelo 6º ano consecutivo, a marca de confiança dos portugueses, de acordo com um estudo realizado pela European Trusted Brands.

 

O estudo pretende "avaliar os níveis de confiança dos europeus quanto a instituições, profissões e marcas". O questionário engloba 35 categorias, entre as quais o café. A empresa alentejana foi referenciada por 59% das respostas.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Está tudo dito... nada a acrescentar! Incapacidade...

  • Anónimo

    "O Ministério do Planeamento anunciou esta quinta-...

  • Anónimo

    Se os autarcas locais , independentemente da cor p...

  • Anónimo

    Conordo em absoluto com o comentário anterior.O di...

  • Anónimo

    O problema é que em Beja este ou outro tema verdad...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds