Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

XXXIV Exposição Nacional de Columbofilia

 

A XXXIV Exposição Nacional de Columbofilia

e Pré Olímpica

 realiza-se

no Parque de Feiras e Exposições de Beja,

de 11 a 14 de Janeiro.

O horário de abertura da Exposição ao público é

 às 16h00 na Sexta-Feira, às 09h30 no Sábado e às 10h00 no Domingo

e o encerramento

às 20h00 na Sexta-Feira e no Sábado e às 16h00 no Domingo.

Ligação Sines – Espanha, por Beja, adiada

As obras dos primeiros 4 troços do IP8, que ligarão Sines a Beja, deverão começar neste primeiro semestre, mas a construção do troço Beja/Vila Verde de Ficalho, que permitirá a ligação a Espanha, foi adiada.

 

O IP8, em plataforma de auto-estrada, deverá começar a ser construído pelo troço Sines/Santiago do Cacém, seguindo-se os troços Santiago do Cacém/Nó de Grândola Sul, Nó de Grândola Sul/Ferreira do Alentejo e Ferreira do Alentejo/São Brissos (Beja), englobados numa única empreitada.

 

O último troço, entre Beja e Vila Verde de Ficalho, fica à espera de um entendimento entre Portugal e Espanha quanto à confluência rodoviária entre o IP8 e a estrada espanhola que irá servir aquela zona da fronteira.

"Lisboa - Dakar" volta a passar pelo Litoral Alentejano

O rally de todo o terreno "Lisboa - Dakar" volta a passar pelo Alentejo. Desta vez os participantes vão passar pelos concelhos de Alcácer do Sal e Grândola durante a primeira etapa, no dia 6, que ligará Lisboa e Portimão, no total de 495 quilómetros.

 

Por áreas protegidas, pasme-se… ou talvez não…

Tribunal volta a dar razão à Comissão Executiva da RTE

O Tribunal Central Administrativo do Sul ratificou a sentença do Tribunal Administrativo de Beja sobre o caso das eleições para a Região de Turismo de Évora (RTE), porque o acto de contestação da sentença proferida pelo Tribunal de Beja, "não tem, porém, razão a nosso ver".

No despacho do Tribunal Central Administrativo do Sul, ao qual o Notícias Alentejo.pt teve acesso, lê-se que "jamais poderia ser o presidente o representante daquele órgão executivo" (câmara municipal) no colégio eleitoral da RTE porque "confunde-se aqui, salvo o devido respeito, município com câmara municipal. De facto, estas duas designações não são sinónimas significando, antes, realidades bem diferentes - esta é apenas um dos órgãos daquele".

Em comunicado, a comissão executiva da RTE afirma que "vê assim confirmada por duas decisões sucessivas, a justeza da posição tomada em Junho passado quando deliberou não aceitar como válida a auto-nomeação de José Ernesto d'Oliveira como representante da Câmara Municipal de Évora no colégio eleitoral".

Para a RTE, as sentenças "mostram claramente a ligeireza das tomadas de posição da Direcção Geral da Administração Local e da Secretaria de Estado do Turismo, a favor de uma manifesta ilegalidade".

Comentários recentes

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds