Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Jerónimo de Sousa na 3ª Assembleia Regional do Alentejo do PCP

Na 3ª Assembleia Regional do Alentejo do PCP, realizada no passado Sábado em Portalegre, Jerónimo de Sousa chamou a atenção dos membros do Governo e dos dirigentes do PS para a necessidade de meditarem acerca do sentido da sua governação e das efectivas razões que levam tantos milhares de portugueses ao protesto e lembrou que «em vez de invectivarem contra o PCP deveriam era reflectir nas razões para um tão amplo e vigoroso protesto que trouxe à rua milhares e milhares de homens, mulheres e jovens de todos os sectores e de todos os quadrantes políticos, incluindo muitos e muitos votantes e militantes socialistas».

O Secretário-geral do PCP, depois de sublinhar a «contínua e preocupante evolução dos últimos anos no Alentejo com a acentuação das desigualdades sociais e regionais, com a agudização das assimetrias intra-regionais, a que se juntam inquietantes processos de desertificação humana, de abandono e declínio social, de estagnação e declínio das actividades económicas que, em anos sucessivos, governos e políticas de direita promoveram com as suas erradas opções», criticou a proposta de Orçamento de Estado, com a banca e o grande capital económico e financeiro a ficarem, mais uma vez, desobrigados de qualquer medida de austeridade ficando os sacrifícios e as dificuldades para os trabalhadores, os reformados, os deficientes e os micro, pequenos e médios empresários.

 Ver mais em  www.pcp.pt/

PM destaca confiança do investimento estrangeiro no País

O primeiro-ministro classificou a aposta da empresa espanhola Acciona na energia solar em Portugal, ao investir numa fábrica e numa central de painéis fotovoltaicos em Moura, como um dos exemplos da confiança dos investidores estrangeiros na economia nacional.

«Nos últimos seis meses, a economia portuguesa recuperou e este investimento, tal como outros que se fizeram e anunciaram neste período, vem demonstrar a confiança dos investidores estrangeiros na economia portuguesa», declarou José Sócrates no lançamento da primeira pedra daquela fábrica, esta segunda-feira.

Só é pena que os investidores nacionais não mostrem essa mesma confiança. Porque será?

Scolari e Madaíl homenageados pela AF de Beja

Luís Filipe Scolari, seleccionador nacional, e Gilberto Madaíl, presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), vão receber o "reconhecimento público" numa cerimónia promovida pela Associação de Futebol de Beja, na Quinta-Feira da próxima semana, no salão nobre do Governo Civil de Beja. 
 A direcção da Associação de Futebol de Beja pretende "transmitir o reconhecimento público à direcção e ao gabinete técnico da FPF, pelo êxito conseguido no Mundial 2006".

In NA

 

Lê-se e não se consegue acreditar.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Foram buscar o antigo imperador JR .....dizem que ...

  • Anónimo

    O Imperador está suficientemente saudável para c...

  • Anónimo

    As odalascas vêm com o calor...

  • Anónimo

    Alguém sabe em que dia desfila o imperador, as oda...

  • Munhoz Frade

    Um desabafo como este do Vitor Paixão é um momento...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds