Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Jerónimo de Sousa na 3ª Assembleia Regional do Alentejo do PCP

Na 3ª Assembleia Regional do Alentejo do PCP, realizada no passado Sábado em Portalegre, Jerónimo de Sousa chamou a atenção dos membros do Governo e dos dirigentes do PS para a necessidade de meditarem acerca do sentido da sua governação e das efectivas razões que levam tantos milhares de portugueses ao protesto e lembrou que «em vez de invectivarem contra o PCP deveriam era reflectir nas razões para um tão amplo e vigoroso protesto que trouxe à rua milhares e milhares de homens, mulheres e jovens de todos os sectores e de todos os quadrantes políticos, incluindo muitos e muitos votantes e militantes socialistas».

O Secretário-geral do PCP, depois de sublinhar a «contínua e preocupante evolução dos últimos anos no Alentejo com a acentuação das desigualdades sociais e regionais, com a agudização das assimetrias intra-regionais, a que se juntam inquietantes processos de desertificação humana, de abandono e declínio social, de estagnação e declínio das actividades económicas que, em anos sucessivos, governos e políticas de direita promoveram com as suas erradas opções», criticou a proposta de Orçamento de Estado, com a banca e o grande capital económico e financeiro a ficarem, mais uma vez, desobrigados de qualquer medida de austeridade ficando os sacrifícios e as dificuldades para os trabalhadores, os reformados, os deficientes e os micro, pequenos e médios empresários.

 Ver mais em  www.pcp.pt/

PM destaca confiança do investimento estrangeiro no País

O primeiro-ministro classificou a aposta da empresa espanhola Acciona na energia solar em Portugal, ao investir numa fábrica e numa central de painéis fotovoltaicos em Moura, como um dos exemplos da confiança dos investidores estrangeiros na economia nacional.

«Nos últimos seis meses, a economia portuguesa recuperou e este investimento, tal como outros que se fizeram e anunciaram neste período, vem demonstrar a confiança dos investidores estrangeiros na economia portuguesa», declarou José Sócrates no lançamento da primeira pedra daquela fábrica, esta segunda-feira.

Só é pena que os investidores nacionais não mostrem essa mesma confiança. Porque será?

Scolari e Madaíl homenageados pela AF de Beja

Luís Filipe Scolari, seleccionador nacional, e Gilberto Madaíl, presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), vão receber o "reconhecimento público" numa cerimónia promovida pela Associação de Futebol de Beja, na Quinta-Feira da próxima semana, no salão nobre do Governo Civil de Beja. 
 A direcção da Associação de Futebol de Beja pretende "transmitir o reconhecimento público à direcção e ao gabinete técnico da FPF, pelo êxito conseguido no Mundial 2006".

In NA

 

Lê-se e não se consegue acreditar.

Organizar feiras

é uma tarefa complexa e difícil.

Mais difícil ainda quando se trata de feiras tradicionais, em que os feirantes têm regras próprias de organização e funcionamento que querem impor, organizadas no meio de povoações, com todos os problemas que provocam: incómodos para os residentes, dificuldades de circulação, insegurança.

É isso que se passa em Alvito com a Feira dos Santos.

Depois de algum esforço de organização e disciplina efectuado há uns anos, nos últimos anos tem-se vindo a registar uma progressiva desorganização, com a ocupação das ruas de entrada em detrimento de espaços no Rossio, impedimento de circulação em número crescente de ruas, etc.

Este ano a desorganização aumentou mais, com feirantes a instalarem-se nas ruas de acesso à Praça da República e ao Rossio, no fim-de-semana quando a Feira só começa amanhã. A falta de organização e disciplina, os incómodos e a falta de segurança começaram mais cedo e aumentaram.

Ou não deixavam os feirantes instalarem-se antes da data marcada ou aproveitavam para para melhorar a organização, uma vez que foram poucos os que anteciparam a sua instalação. Assim não!

Plano Municipal Participado em Aljustrel

A Câmara Municipal de Aljustrel volta a promover o Plano Municipal Participado, realizando reuniões nas freguesias do concelho de maneira a ouvir os anseios e as preocupações das populações e distribuindo um questionário para que os munícipes participem de forma activa na elaboração do Plano de Actividades da autarquia.

Segundo as declarações de José Godinho, este é um caminho longo que tem que ser percorrido porque há um "déficit" de participação, apesar de, em relação a anos anteriores, a presença e a intervenção das pessoas ter vindo a aumentar.

Sócrates lança primeira pedra da fábrica de painéis fotovoltaicos de Moura

O primeiro-ministro e o ministro da Economia vão estar presentes, amanhã, na cerimónia de lançamento da primeira pedra da fábrica de assemblagem de painéis fotovoltaicos de Moura.

A sessão protocolar inclui também intervenções dos presidentes da Câmara Municipal de Moura e da Acciona, empresa espanhola responsável pela construção da fábrica e da central de Amareleja, que recentemente adquiriu a Ampere.

DRA do PCP eleita hoje

A Assembleia Regional da Direcção Regional Alentejo (DRA) do PCP realiza-se hoje, em Portalegre, no Centro de Artes do Espectáculo, onde vai ser analisada a situação social e política da região, que na opinião do PCP está cada vez mais degradada, e eleita também a nova DRA.

O diário - informação online

www.odiario.info é mais uma experiência informativa online, editda por Rui Namorado Rosa, José Paulo Gascão e Miguel Urbano Rodrigues. Nela o leitor encontra uma «reflexão actualizada sobre problemas que na Europa, nos EUA, na América Latina, na Ásia e na Africa condicionam a evolução da história em movimento». Os editores referem que publicarão em média 7 ou 8 textos cada semana.

Pág. 1/8

Comentários recentes

  • Ana Matos Pires

    Tem dias.

  • Anónimo

    Isso dependerá dos gostos e orientações pessoais! ...

  • Anónimo

    Concordo que a deslocação a Bruxelas possa provoca...

  • Anónimo

    A política é deveras interessante! Eu, ignorante m...

  • Ana Matos Pires

    Precisamos pois, com indicação precisa. Nunca deve...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds