Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Gestão de merceeiro

A EDIA é uma empresa de desenvolvimento e (não das) infra-estruturas de Alqueva.

As várias administrações da EDIA sempre entenderam a importância para o desenvolvimento regional e local da sua participação nas diversas feiras e outros certames que se realizam na região bem como a sua publicidade nos órgãos de comunicação social regionais.

Entretanto, o actual Conselho de Administração, ao anunciar uma política de maior rigor económico-financeiro, decidiu cortar com essas despesas (que também são investimento), deixando de participar ou reduzindo a sua participação nas feiras e outros certames e em publicidade. Neste último caso com a agravante de dar prioridade à publicidade nos órgãos de comunicação social nacionais.

As eventuais poupanças que tais medidas podem trazer à empresa em muito pouco alterarão a despesa global e, por outro lado, criarão graves dificuldades a projectos de animação e promoção regionais para quem aqueles trocos eram fundamentais.

É o que se pode chamar de visão míope e gestão de merceeiro, sem desprimor para estes.

Movimento BAAL 21 contesta centralidade de Évora

O Movimento BAAL 21 reuniu para analisar o Programa Nacional da Política de Ordenamento do Território (PNOPT) e concluiu que “não é através do robustecimento de Évora e da sua centralidade, que o documento prevê, que o desenvolvimento do Alentejo se faz”.

O relatório do PNOPT, que está em discussão até 9 de Agosto, foi apontado como “desconhecendo as realidades do Baixo Alentejo e Alentejo Litoral, feito a régua e esquadro”, disse à Voz da Planície Francisco do Ó Pacheco,  porta-voz da BAAL 21.

O relatório preconiza que em 2020 o Alentejo não tenha mais que 460 mil habitantes, “não sendo crível apostar numa estratégia de desenvolvimento onde depois não há pessoas”, o que é inaceitável, tal como é o não reconhecimento das potencialidades que as duas regiões têm, como Alqueva, Aeroporto de Beja e Porto de Sines.

O Movimento BAAL 21 vai lutar para que seja reconhecida “a necessidade estratégia do eixo Sines-Beja-Andaluzia para o seu desenvolvimento”, apoiado no IP 8 e Rede Ferroviária, considerando “ser vexatório que um projecto que é decisivo para a região seja banalizado. Transformar a Base Aérea N.º 11 num aeródromo, é reduzir a zero as nossas propostas e dizer que as mesmas não são válidas”.

O Movimento BAAL 21 vai produzir um documento que cimentará a sua posição oficial e “vincará a sua rejeição à centralidade de Évora, reiterando a importância de Portalegre, Beja e Sines no desenvolvimento da região e apela para que os cidadãos participem no envio de propostas de alteração do referido documento para a CCDRA e a DGOT.

Decisão de secretário de Estado é ilegal, diz Andrade Santos

O presidente da Região de Turismo de Évora diz que o procedimento do secretário de Estado do Turismo - de mandar repetir as eleições - é «ilegal» e que a Comissão Executiva recorrerá ao Tribunal Administrativo. Em nota de imprensa, Andrade Santos refere ainda que a decisão da tutela é «incompatível com o funcionamento de um Estado de Direito».

Fonte: NA

Comentários recentes

  • Ana Matos Pires

    Regional de Saúde Mental do Alentejo? Não há.

  • Anónimo

    Planos? Há muitos!

  • Ana Matos Pires

    É pá, como é que nunca nos tinha ocorrido isso? Ob...

  • Anónimo

    Ja viram a capa do Correio do Alentejo desta seman...

  • Anónimo

    o Cocas tambem tem direito á vida.Ficam as restant...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds