Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

A casa

Uma casa (monte, quinta ou palácio) foi, há uns anos, construída na encosta nascente da serra, sobranceira à vila de Alvito.

É uma casa enorme, como se pode ver pela fotografia, com óptimos e ricos acabamentos e equipamentos, segundo dizem os que a visitaram, o que é próprio de gente rica, como são os seus proprietários.

Para além da beleza dos seus interiores e dos seus arranjos exteriores, a casa tem ainda belas vistas panorâmicas para a Vila e as zonas sul e nascente de Alvito.

Governo altera Regime Jurídico da REN

 

No último Conselho de Ministros foram aprovadas alterações ao Regime Jurídico da Rede Ecológica Nacional (REN), que consagram “a possibilidade de viabilizar usos e acções que, não levantando objecções, por reconhecidamente não porem em causa a permanência dos recursos, valores e processos que a REN pretende preservar, se justificam plenamente para a manutenção e viabilização de actividades que podem e devem existir nestas áreas”, pelo que “esses usos e acções não poderão abranger intervenções que, pela sua natureza e dimensão, ponham em causa a manutenção dos recursos, valores e processos a salvaguardar”.

Segundo o Governo, estas alterações vão também “permitir actividades relevantes mas que não se enquadravam nos procedimentos de reconhecimento de interesse público, como a construção de apoios agrícolas e de habitação própria e permanente para agricultores que exerçam a actividade agrícola a título principal”, tornando-se ainda possível “dar resposta a algumas pretensões particulares que até aqui exigiam um procedimento moroso, nomeadamente construção de estações de tratamento de efluentes, fontes de energia renovável e ampliações de estabelecimentos industriais”.

A manutenção e a viabilização destes usos e acções dependem sempre da sua conformidade ou compatibilidade, consoante os casos, com os instrumentos de gestão territorial aplicáveis, cabendo aos municípios uma responsabilidade importante na sua definição, no âmbito do planeamento municipal.

 

“Deslizar no horizonte”

Os alunos da turma O do 3º ano da EB1 e do Jardim de Infância de Ferreira do Alentejo escreveram o livro “Deslizar no horizonte” que, esta tarde, foi apresentado publicamente no Centro Cultural daquela Vila.

A obra, com prefácio de Emília Miranda autora do projecto Netescrita, é um livro a “sério” com 183 páginas que dá a conhecer várias histórias, todas escritas pelos alunos. Começou com um incentivo à escrita e à leitura, o entusiasmo foi aumentando e as histórias surgiram.

Em defesa do Montado

José Soeiro considera fundamental para a região o montado de sobro, que desempenha um importantíssimo papel no combate à desertificação, constitui um factor de equilíbrio ambiental e tem impactes económicos significativos, pelo que vai apresentar uma proposta à Comissão Parlamentar de Economia, Inovação e Desenvolvimento Regional para a defesa do montado e valorização da fileira da cortiça, onde defende a obrigatoriedade de produtos, como o vinho, utilizarem rolhas de cortiça em vez de vedantes sintéticos.



 

“Intervenção Social com Famílias: Intervenção Precoce”

O seminário “Intervenção Social com Famílias: Intervenção Precoce” realiza-se hoje no auditório do Instituto Politécnico de Beja, promovido pelo Núcleo de Beja da Rede Europeia Anti-Pobreza, com o objectivo de reflectir e discutir a problemática da intervenção social em meio familiar.

Durante os trabalhos são apresentadas as melhores práticas que se aplicam em Portugal e no estrangeiro.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Ora aqui está uma área em que os nossos autarcas s...

  • Anónimo

    Está tudo dito... nada a acrescentar! Incapacidade...

  • Anónimo

    "O Ministério do Planeamento anunciou esta quinta-...

  • Anónimo

    Se os autarcas locais , independentemente da cor p...

  • Anónimo

    Conordo em absoluto com o comentário anterior.O di...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds