Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Até quando...

... vai a Biblioteca de Vila Nova da Baronia manter-se fechada?

Mais de um ano depois de encerrada para obras, encaixotado o acervo bibliográfico e depositado no 1º andar do edifício e levados os equipamentos e mobiliário não se sabe para onde pelo anterior Executivo Municipal, a Biblioteca continua encerrada, desconhecendo-se se as obras foram concluídas ou não e porque razões ainda não reabriu...

Não seria já tempo da Câmara Municipal reabrir a Biblioteca ou, pelo menos, informar a população das razões porque não a reabre?

Sindicato dos Jornalistas desafia Carrilho

O Sindicato dos Jornalistas admite, em comunicado, que as agências de comunicação e os gabinetes de imprensa têm uma presença crescente no espaço mediático procurando alcançar efeitos programados e orientados, lembrando que esta situação decorre num contexto em que um reduzido número de grupos controla a comunicação social e o mercado de trabalho e em que se regista um emagrecimento das redacções e valorização da quantidade em detrimento da qualidade.

«Tendo em conta as funções parlamentares que o seu autor exerce, a obra (Sob o Signo da Verdade) não pode ficar por aqui enquanto contribuição pública de Manuel Maria Carrilho para o debate que reputa urgente e para a alteração das condições que, no seu pleno direito, entendeu denunciar», diz o sindicato, que desafiou o deputado a intervir «de forma activa contra os mecanismos que prejudicam a liberdade de informação e as condições de produção que põem em causa o exercício responsável do jornalismo", acompanhando o processo de revisão do Estatuto do Jornalista.

"jornalismo sentado"

"Estamos cada vez mais reduzidos a um "jornalismo sentado", à espera do toque do telefone ou da denúncia de fontes não identificadas".

Miguel Sousa Tavares, jornalista e escritor

Protesto na Praça da República

A União de Sindicatos do Distrito de Beja promove um protesto na Praça da República, esta tarde com início previsto para as 14:30h.

A iniciativa integra a jornada nacional de luta da CGTP-IN, contra aquilo a que a central sindical considera ser “a política de direita praticada pelo Governo PS” que “põe em causa os direitos fundamentais dos trabalhadores e dos cidadãos, agrava as condições económicas dos trabalhadores e dos reformados e que promove o ataque à segurança social”.

Depois está prevista uma marcha a pé em direcção ao Governo Civil de Beja onde serão entregues duas petições: uma de âmbito nacional e outra com questões mais específicas desta região.

Comentários recentes

  • Zé LG

    Se não disser do que se trata ficamos na mesma, se...

  • Anónimo

    Estranho, sim...

  • Anónimo

    Sem dúvida.Um autentico murro no estomago no todo ...

  • Anónimo

    Concorso, embora há um senão, que não foi esclarec...

  • Anónimo

    O Ministério da Agricultura foi decapitado e desme...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds