Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Baixa na EDIA

João Madeira renunciou ao cargo, para que foi nomeado a 16 de Março, no Conselho de Administração da EDIA, alegando “razões pessoais” e “nada mais”. O pedido de renúncia, só agora conhecido, terá sido entregue há cerca de três semanas.

Ordenamento da Costa Alentejana e Vincentina

O Ministro do Ambiente, do Ordenamento do Território e do Desenvolvimento Regional vai estar hoje em Odemira, para a assinatura de protocolos entre o ministério, o ICN - Instituto de Conservação da Natureza e as autarquias de Odemira, Aljezur, Sines e Vila do Bispo com vista à realização de um conjunto de intervenções na zona costeira do Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, que passam por ordenar os acessos ao litoral e criar infra-estruturas de apoio à prática de actividades tradicionais e recreativas compatíveis com a conservação da natureza.

Para Odemira está previsto: substituição do Cais Fluvial de Vila Nova de Milfontes, ordenamento do estacionamento e acessos à praia do Malhão, criação de um percurso pedestre entre Zambujeira do Mar e Portinho de Pesca da Entrada da Barca, construção de arrecadações de aprestos no Portinho de Pesca do Canal, em Milfontes e no Portinho de Pesca de Azenha do Mar.

Regiões de Turismos querem mais competências

A Associação Nacional das Regiões de Turismo assegura que as Regiões de Turismo estão preparadas para receber novas competências, designadamente ao nível do licenciamento e vistorias de empreendimentos, e querem um financiamento adequado às necessidades no âmbito da revisão da lei – quadro das Regiões de Turismo.

Risco de “catástrofe ecológica”

João Andrade Santos, presidente da Agência Regional de Promoção Turística – Turismo do Alentejo, em declarações à Voz da Planície, recordou que quando o primeiro plano (de ordenamento da zona envolvente da barragem de Alqueva) foi divulgado considerou-o excessivamente restritivo porque só contemplava cerca de 500 camas. O novo plano, que se pretende implementar em Alqueva, requer um planeamento adequado, porque se isso não acontecer existe o risco de haver uma “catástrofe ecológica”, porque se passou do “8 para o 8 mil”.

Comentários recentes

  • Anónimo

    E não é só o hospital, a cidade e a região também ...

  • Anónimo

    Afinal é ou não verdade que o Hospital de Beja “co...

  • Zé LG

    Contactando a CMB. Mas atenção à data da notícia.

  • Anónimo

    Servirá sobretudo e na melhor das hipóteses, para ...

  • Tania

    Como posso fazer e pedir informações sobre como al...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds