Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

“País das uvas” tinto eleito melhor compra 2006

O vinho tinto "País das uvas", produzido pela Adega Cooperativa de Vidigueira, Cuba e Alvito, foi distinguido pela "Revista de Vinhos" com o prémio de melhor compra 2006, atribuído aos vinhos que apresentem "uma muito boa relação qualidade/preço".

O "País das uvas" é descrito como "um tinto com carácter da Vidigueira e a preço convidativo", sendo um "bom vinho, equilibrado e bem feito, bebendo-se com prazer".

Na mesma edição da "Revista de Vinhos", foi ainda distinguido, como melhor enólogo do ano de 2005, João Melícias, o enólogo da Adega Cooperativa de Vidigueira, Cuba e Alvito, "pelo seu trabalho desenvolvido, principalmente no Alentejo".

Festas de Nossa Senhora de Guadalupe animam Serpa

Começaram ontem as tradicionais “Festas em Honra de Nossa Senhora de Guadalupe”, padroeira da “Cidade Branca”.

Hoje, “O Cante nas Tascas”, percorre as tascas da cidade e os cantadores, ao redor de um copo de vinho, expressam a sua alegria através do cante alentejano. Um concerto pela Sociedade Filarmónica de Serpa, Aleluias e cantes a Guadalupe, arruada com o grupo Tocá Andar e actuação de Tony Carreira, incluem o cartaz musical.

Amanhã, o Cortejo Histórico-Etnográfico, que se realiza nas ruas da cidade, o Festival Internacional de Música Tradicional e um espectáculo de fogo de artifício solto, marcam a diversão das festas.

Na 2ª Feira, realiza-se um espectáculo com a fadista, natural de Serpa, Ana Sofia Varela, seguido de um baile na Sociedade Filarmónica.

Na 3ª Feira, as Festas terminam com a tradicional Romaria ao Altinho (Alto de São Gens), onde familiares e amigos se juntam em volta da mesa e do tradicional borrego.

Grândola recorda Humberto Delgado

A Câmara Municipal de Grândola evoca, dia 22 de Abril, a figura de Humberto Delgado, por ocasião da passagem dos 100 anos do seu nascimento, em cerimónia que integra o programa comemorativo dos 32 anos da Revolução de Abril.

A sessão evocativa subordina-se ao tema “O general sem medo” e será apresentada pela sua filha Iva Delgado. A jornalista Maria Antónia Palla fará a apresentação do livro “Uma brasileira contra Salazar”, de Arajayr Campos, secretária de Humberto Delgado.

Humberto Delgado e Arajayr Campos foram assassinados pela polícia política de Salazar.

Na mesma cerimónia, serão ainda apresentados o livro de banda desenhada “O general sem medo”, de José Rui, e o filme “Meu pai, Humberto Delgado”, realizado por Francisco Manso.

Retirado de NA

Comentários recentes

  • Anónimo

    M. Frade, não compreendeu o que petendi dizer com ...

  • Munhoz Frade

    Quis dizer “gerar” e não “gerais”. Não reparei na ...

  • Anónimo

    Seria voltar a focar as questões ligadas ao modo d...

  • Munhoz Frade

    Um pouco de polémica, meu caro ZLG:Sabemos que cau...

  • Anónimo

    É pena que o próprio DA não se tenha interessado p...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds