Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Fernando Guimarães recebe Prémio Vergílio Ferreira

Fernando Guimarães é investigador do Centro de Literatura da Universidade do Porto, onde desenvolve trabalhos de pesquisa relacionados com a recensão das revistas literárias portuguesas publicadas desde 1889. Esteve ligado a publicações como Eros, Árvore (nos anos 50) e a nova série de Bandarra. Poeta, ensaísta, crítico literário e tradutor, recebe amanhã o Prémio Vergílio Ferreira/06.

742695386262905034.jpg
Atribuído pela Universidade de Évora desde 1997, para galardoar o conjunto da obra literária de um autor de língua portuguesa, relevante no âmbito da narrativa e/ou ensaio, o Prémio Vergílio Ferreira distinguiu, entre outros escritores, Maria Velho da Costa, Maria Judite de Carvalho, Mia Couto, Almeida Faria, Eduardo Lourenço, Óscar Lopes e Agustina Bessa Luís. Em 2005, o prémio foi atribuído a Manuel Gusmão.

Retirado de NA

"Entrudanças"

2448.jpg
Entradas recebe hoje, amanhã e segunda-feira, mais uma edição do “Entrudanças” – Festival das danças de tradição e das polifonias alentejanas.

Hoje realizam-se: no Centro Cultural, as oficinas de Danças Africanas, Modas de Baile, Valsas e Contradanças e Danças Portuguesas; na Junta de Freguesia, a oficina de Artesanato lã+ cerâmica; na Escola, fazem-se Máscaras de Carnaval; e na Tenda; aprendem-se Danças Europeias.

À noite, na Igreja Matriz de Entradas, realiza-se o espectáculo do Grupo Sons do Vagar e, a partir da meia-noite no Centro Cultural, o Baile, com Uma Coisa Em Forma De Assim.

Retirado do sítio da Rádio Voz da Planíce

Feira do Queijo do Alentejo

A 5ª edição da Feira do Queijo do Alentejo, uma organização da autarquia local com o objectivo principal de promover um dos mais emblemáticos produtos do concelho e da região, realiza-se de hoje até dia 26 em Serpa.

Na Feira estarão presentes os queijos de Azeitão, Castelo Branco, Évora, Nisa, Serra da Estrela, Terrincho e Rio de Moinhos. A novidade este ano é o queijo Ilha Azul, a primeira representação até hoje de um produto dos Açores, concretamente do Faial, sendo aguardadas também as participações dos queijos espanhóis de Huelva e Astúrias.

Para completar o leque de produtos tradicionais de qualidade, haverá também espaços de venda e exposição de azeite, enchidos, vinho, azeitonas, pão, doces regionais e artesanato.

Selecção em Évora não pode ser «drible» à cultura urbanística da cidade

O PCP diz que o estágio da selecção nacional de futebol em Évora está a ser utilizado como pontapé de saída para uma «Oferta Privada de Aquisição hostil dos interesses da especulação imobiliários» sobre a cidade.

«Durante o processo de negociação da vinda do estágio da selecção, houve quem quisesse fazer depender tal facto da construção de um complexo desportivo na Herdade
da Silveirinha (estrada das Alcáçovas), entrando num processo de chantagem através de um argumento falacioso: sem tapete verde na Silveirinha não haveria estágio, “esquecendo” que a colocação de um novo relvado no Campo Estrela e obras nos seus balneários resolveriam o problema. A construção (…) tem como objectivo final a deslocalização do Campo Estrela para possibilitar a mudança de utilidade dos terrenos, actualmente definidos no Plano de Urbanização como equipamentos desportivos, para fins habitacionais», diz o comunicado dos comunistas de Évora.

Retirado do NA

Évora Distrito Digital é caso de estudo da Microsoft

9595203937231417028.jpg
O projecto Évora Distrito Digital (EDD) é considerado um caso de estudo pela multinacional norte americana Microsoft. Doug Holmes, autor de vários livros de eGov, nomeadamente, e-Gov: e-Business Strategies for Governemen conduziu uma entrevista a dois dos responsáveis pelo EDD, Teresa Batista, coordenadora operacional e Rui Barroso, consultor de sistemas de informação. “Estes estudos são o ponto de partida para a inserção destes projectos em futuras campanhas de referências da Microsoft em Portugal, fazendo publicar materiais derivados destes textos em vários meios especializados ou generalistas”, adianta Hugo Cartaxeiro, Gestor de Negócios da Microsoft para o sector público em Portugal.
in NA

Autarquias com derrapagem de 100 milhões

As autarquias apresentaram uma derrapagem de 100 milhões de euros em 2005, segundo dados, publicados pelo Banco de Portugal, sobre o financiamento da Administração Local e Regional, que revelam a exposição deste sector ao sistema bancário.

As autarquias e as regiões autónomas apresentam um endividamento de 286 milhões de euros em 2005, cerca de 100 milhões de euros acima do previsto no último reporte dos défices enviado pelo Ministério das Finanças a Bruxelas, que previa 193 milhões de euros.

As autarquias voltaram a apresentar desequilíbrio financeiro em ano de eleições autárquicas. Convinha conhecerem-se os dados de cada município para se saber quais foram os que fizeram mais eleitoralismo pondo em causa o equilíbrio das contas públicas.

Néctares com o sabor da Baronia

Com a devida vénia, transcrevemos do http://gastreat.blogspot.com/:

"Prova-se e gosta-se.
A produção de 2003 (Herdade das Barras) e 2004 (Serros da Mina) de vinho regional do Alentejo, made in Vila Nova da Baronia/Alvito, é digna de apreciação, principalmente quando acompanhada de uma boa carne vermelha ou de um saboroso queijo de ovelha.
O primeiro, estagiou em barricas de carvalho francês e americano e apresenta um travo de madeira e uma côr rubi. Paladar aveludado e um execelente final de boca.
O segundo, apresenta um aroma de frutos negros em geleia, especiarias e muita baunilha. Na opinião do enólogo da Herdade, Paulo Laureano, trata-se de um conjunto bem equilibrado, com frescura bastante atractiva e um final longo e agradável, marcado pelos taninos suaves.
Falamos de vinho tinto, é claro, e encontra-se à venda no Posto de Turismo de Alvito."

Pág. 1/5

Comentários recentes

  • Anónimo

    Está tudo dito... nada a acrescentar! Incapacidade...

  • Anónimo

    "O Ministério do Planeamento anunciou esta quinta-...

  • Anónimo

    Se os autarcas locais , independentemente da cor p...

  • Anónimo

    Conordo em absoluto com o comentário anterior.O di...

  • Anónimo

    O problema é que em Beja este ou outro tema verdad...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds