Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

AMBAAL fez 25 anos

toponovo.jpg
A Associação de Municípios do Baixo Alentejo e Alentejo Litoral (AMBAAL), sucessora desde 3 de Março de 2005 da Associação de Municípios do Distrito de Beja (AMDB), está a comemorar as suas “Bodas de Prata”.

A AMDB foi criada em 23 de Janeiro de 1981 por 13 municípios do Distrito de Beja, ainda quando não havia legislação para as associações de municípios. Foi criada para retomar a publicação do Diário do Alentejo e a laboração da Tipografia, adquiridos antes pelos Municípios, em hasta pública de venda de bens da empresa proprietária que falira.

Desde então, desempenhou um papel importante na região, tendo promovido a elaboração do PIDDBE, a criação da Região de Turismo da Planície Dourada, a criação do Polo de Beja do CEFA, tem intervido activamente no processo de criação do Aeroporto de Beja, está a desenvolver o Bejadigital e a preparar o QRER, entre tantas outras importantes intervenções.

Infelizmente tem-se falado mais na AMBAAL pelas piores razões, isto é, pelas lutas partidárias pelo seu controle e, principalmente, do Diário do Alentejo.

Oxalá no futuro se fale nela pelas melhores razões: Aposta no associativismo supramunicipal com vista à realização de projectos comuns, de forma a consolidar uma maior afirmação do Baixo Alentejo e Alentejo Litoral.

Para que isso aconteça torna-se necessário um maior empenhamento dos autarcas, com base em consensos alargados, de forma a aumentar o seu protagonismo em todos os processos e projectos que intessem à região.

Importa salientar o papel do assessor da Administração, Francisco Pacheco do Ó, que com a sua experiência, a sua sabedoria, o seu espírito consensulazidor e construtivo e o seu empenhamento no reforço do Poder Local e do seu associativismo, pela regionalização e desenvolvimento regional, muito tem feito para assegurar a unidade e coesão dos municípios associados na AMBAAL.



E agora Sócrates?

Cavaco Silva foi eleito PR. Há quem diga que era o candidato preferido de Sócrates. Como vai funcionar a co-habitação? - Julgo que estarão em sintonia em muitas políticas e que tal beneficiará Cavaco Silva e a direita, porque para fazer uma política de direita, como em tudo, é preferível o original à cópia.

Manuel Alegre, candidato recusado por Sócrates, teve mais de um milhão de votos, mais 44% do que Mário Soares, candidato oficial do PS. Que fazer com estes resultados?

"Os militantes estão chateados com Sócrates, que tem estado distante do partido e lhes impôs um candidato que não queriam, depois de ter imposto medidas que muitos ainda não aceitam. Ele terá que perceber isto", diz um líder distrital.

Jorge Coelho, segundo consta, vai abandonar as funções de coordenador (?) do PS, que vai realizar eleições internas para as distritais, nos próximos tempos.

Ou muito me engano ou não vão ser fáceis para Sócrates os tempos que se avizinham.




Comentários recentes

  • Anónimo

    Não podes estar mais longe. O eterno e sempre à mã...

  • Anónimo

    Se há tanta clarividência acerca da geringonça com...

  • Anónimo

    Sem dúvida, sobretudo os grandes interesses capita...

  • Anónimo

    Tal e qual ... até que enfim que alguém vai ao cer...

  • Anónimo

    Esta técnica de mal-dizer é cronicamente utilizada...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds