Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando há dois anos

Há dois anos criei o Alvitrando. No primeiro alvitre que escrevi defini o que pretendia que ele fosse. Julgo que ele tem sido isso mas são os que o visitam que melhor o podem afirmar. Recordo o que então escrevi:

"ALVITRANDO porquê? - porque alvitrar significa que se dão alvíssaras e eu quero dar alvíssaras, isto é, agradecer a quem quiser dar notícias, a quem quiser comunicar, a quem quiser trocar ideias sobre temas gerais e, em especial, sobre o Alentejo e o poder local.
Pela minha parte, irei dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que, pela sua pertinência ou oportunidade, achar que devem ser divulgados por esta via, que hoje decidi abrir."

Continuo com vontade de prosseguir nesse rumo. Hoje, com um maior conhecimento da blogosfera e de algumas questões técnicas. O Alvitrando vai continuar por aqui.

A restauração do Concelho devia ser comemorada

Fez, ontem, 108 anos que foi restaurado o Concelho de Alvito. Depois de ter sido extinto em 26 de Junho de 1896, como tantos outros, o Concelho foi restaurado em 13 de Janeiro de 1898, pela luta de um grupo de alvitenses.

Em 1998, a Câmara Municipal promoveu um conjunto de iniciativas, incluindo a colocação de uma lápide alusiva à efeméride na parede do edifício dos Paços do Município, para comemorar o centésimo aniversário da restauração do Concelho.

Agora, que o governo ameaça extinguir freguesias e concelhos, seria importante que fosse assinalada aquela data, para homenagear os alvitenses que conseguiram a restauração do Concelho e para manter as populações alertadas para aquela ameaça e mobilizadas para a sua defesa.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Tens toda a razão. Já cá faltava a patetice da com...

  • Anónimo

    Vote no PAN.

  • Anónimo

    Já cá faltava a patetice da habitual comparação co...

  • Anónimo

    alguém pode dizer onde é este lugar?

  • Anónimo

    Concordo a 1000% com M. Frade.Pode-se, rádios, jor...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds