Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

VitiFrades

Cam000415.jpg Foto tirada ontem

As VIII Festas Báquicas de Vila de Frades começaram ontem e decorrem até Domingo.
Para além da visita aos diversos standes, a VitiFrades oferece espectáculos, Rota das Adegas, Prova de Vinhos de Talha, BTT, TT, TRIAL, Passeio Equestre e Passeio Pedestre.
Para mais informação consulte www.vitifrades.com

Candidatos presidenciais no Alentejo

Louçã diz que falta discutir a Europa
Francisco Louça, no final de um almoço-convívio em Castro Verde, no dia 1 de Dezembro, que juntou cerca de meia centena de apoiantes classificou como uma medida "gravíssima" o aumento das taxas de juro decidido pelo Banco Central Europeu (BCE), defendendo que falta discutir a Europa na pré-campanha para as eleições presidenciais.
O candidato apoiado pelo BE aproveitou ainda a oportunidade para criticar o hino de campanha de Cavaco Silva, prometendo "combater o facilitismo e enfrentar a direita para vencer a bruma dos grandes negócios que se têm instituído em Portugal". "Não é por acaso que a letra do hino de Cavaco Silva é escrita por um banqueiro", denunciou.

Jerónimo em defesa do regime democrático
«Seria de uma grande ingenuidade não ver a dinâmica revanchista e retrógrada que está por trás da candidatura de Cavaco Silva», alertou o candidato comunista, numa sessão pública realizada em Sines também no passado dia 1. Na sua opinião, para a direita e para os círculos do poder económico que sustenta a candidatura de Cavaco Silva, o que «está em marcha é muito mais que a eleição de um homem para a Presidência da República».
Assumiu a sua como uma candidatura distinta de «qualquer daquelas que se apresentaram e com as quais não se confunde». Sobretudo porque se apresenta ao eleitorado «assumindo a imperiosa necessidade de uma ruptura democrática e de esquerda com as políticas que a direita e o PS vêm concretizando». Políticas essas, acusou, que têm conduzido o País à «crise e ao atraso».

Alegre acredita que irá derrotar Cavaco Silva
Manuel Alegre apresentou-se ontem em Beja como o candidato da Esquerda que "na segunda volta vai derrotar o candidato coroado como vencedor", referindo-a a Cavaco Silva, a quem acusou de se esquecer de metade de Portugal, das mulheres, e recomendou ao "amigo" Jerónimo de Sousa para que não o confunda com Soares em matéria de Europa.
O socialista acusou a direita de querer matar a Constituição, "retirando-lhe o preâmbulo para matar Abril", e criticou as lógicas aparelhistas por gerarem a crise no país. Defendendo a independência da candidatura, recordou Salvador Allende e afirmou ir "entrar em Belém de braço dado com o Povo", lembrando que ninguém é dono da República.

Catalino coordena PCP em Beja

O 13.º Encontro Regional de Quadros do Alentejo do PCP, realizado no dia 1 em Sines, juntou mais de 300 quadros, entre os quais o secretário-geral, Jerónimo de Sousa, membros da Comissão Política, os deputados, autarcas, sindicalistas, activistas do movimento associativo e outros quadros.

No plano da organização, foi anunciado que três dos quatro principais dirigentes distritais do PCP no Alentejo vão mudar, a partir de Janeiro.

Em Beja, António Vitória, depois de 13 anos à frente da DORBE, vai ser substituído por José Catalino, membro da Comissão Política. Catalino substituiu José Soeiro como principal responsável do partido no Alentejo, depois do 17.º Congresso. António Vitória, do Comité Central, passará a ser o responsável do PCP no concelho de Serpa e, ainda, o coordenador do trabalho autárquico da CDU no distrito de Beja.

A DORLA, que abarca Odemira e os quatro concelhos setubalenses do Alentejo, também muda de responsável, saindo Joaquim Tavares e entrando Manuel Valente, do Comité Central e até agora à frente da Comissão Concelhia de Setúbal.

Em Évora, Raimundo Cabral, responsável da DOREV, deixa o cargo e vai para outro distrito, logo após as eleições para PR, não tendo sido anunciado o nome do substituto.

Em Portalegre, Fernando Carmosino mantém-se à frente da DORPOR.

Não há informação do que levou a estas alterações. Trata-se apenas de uma mudança de pessoas ou de algo mais? - Só o tempo esclarecerá...


Autarcas do PS defendem renovação na ANMP

Começa hoje, no Porto, o Congresso da Associação Nacional de Municípios Portugueses.

O presidente da distrital de Viseu do PS defendeu uma renovação na liderança da ANMP e uma forma de actuação menos corporativa - «Os autarcas do PS não se revêem nesta direcção, pelo que entendemos que deve haver uma renovação, sobretudo um espírito de parceria no desenvolvimento», afirmou.

Anteontem, o responsável pela organização do PS, Jorge Coelho, anunciou uma grande iniciativa do PS de apoio a Mário Soares em Viseu. É o aparelho do PS a tentar mobilizar o partido. É o reconhecimento de que as coisas não estão famosas para o PS...


Comentários recentes

  • Anónimo

    No próximo mês vai outra delegação a convite de um...

  • José Dores

    Realmente e infelizmente Beja tem cada vez mais pe...

  • Anónimo

    Caro Vitor, é a tal cegueira da razão, que impele ...

  • Anónimo

    Sim, isso foi feito, mas ao que parece com poucos ...

  • Zé LG

    As questões "poderiam e deveriam ser travadas em p...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds