Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

O Vaticano às voltas com os fantasmas da sexualidade

A Santa Sé avança com as regras para a admissão aos seminários e regras religiosas. De fora ficam todos os que tenham tendências homossexuais, tenham praticado actos homossexuais ou defendam a chamada «cultura gay».

A responsabilidade final na avaliação de cada candidato à ordenação cabe aos bispos, que de acordo com as indicações dos directores dos seminários, devem assegurar-se das qualidades do rapaz para ser padre, da sua maturidade e garantir que o mesmo não tem, segundo o texto, «distúrbios sexuais incompatíveis com a sua missão».

PERGUNTAS QUE A NOTÍCIA SUGEREM:

- Como é que os bispos fazem a avaliação?

- A Santa Sé não exclui os pedófilos, desde que não sejam homossexuais?

- A Santa Sé admite no seu seio quem tenha tendências sexuais ou, mesmo, praticado actos sexuais, desde que não sejam homossexuais?

- Porque é que só os candidatos a padre não podem ter “distúrbios sexuais incompatíveis com a sua missão”? Os que já são padres podem? Quais são os “distúrbios sexuais” compatíveis “com a sua missão”?

- Não seria melhor que, os dignitários da Igreja que tais regras definiram, exorcizassem todos os seus fantasmas sexuais, sejam eles homo ou hetero? Não seria melhor viverem a sua sexualidade com naturalidade?

Mário Soares defende desenvolvimento sustentável

Mário Soares inaugurou a sede de candidatura em Évora, no Domingo passado, tendo visitado a «Cozinha dos Ganhões», em Estremoz, e a «Feira do Montado», em Portel

«Comigo não se vai mexer nos Direitos, Liberdades e Garantias e haveres dos cidadãos!», afirmou, num discurso muito marcado pelas críticas às políticas neo-liberais e pela defesa do modelo social europeu.

A «globalização selvagem e desregulada vai levar o Mundo a grandes catástrofes», pelo que, acrescentou, é necessário um «desenvolvimento sustentável, com condições de perdurar e que respeite o ambiente».

Utentes do SAP passam a ser atendidos no Hospital

O SAP de Beja, que dá apoio às populações dos concelhos de Alvito, Aljustrel, Beja Cuba, Ferreira do Alentejo e Vidigueira vai encerrar entre a meia-noite e as 8 da manhã a partir de 1 de Dezembro.

Os utentes que necessitem de atendimento passam a deslocar-se às urgências do Hospital José Joaquim Fernandes. A ARS – Alentejo justifica esta medida com a necessidade de racionalizar os recursos, uma vez que cada utente atendido no SAP de Beja naquele período custa ao Estado cerca de 120 euros.

"Gestão participada" ou "blá, blá, blá"

promessas.jpg
A necessidade de facilitar o envolvimento do cidadão nas decisões locais tem levado as autarquias a experimentar diversos sistemas. Em 1989, a cidade de Porto Alegre no sul do Brasil instituiu pela primeira vez o “orçamento participativo”, experiência inovadora de gestão municipal em que a opinião da comunidade desempenha um papel crucial.

Depois essa experiência pioneira, este instrumento de promoção da autonomia local e da equidade social foi aplicado por cerca de 200 municípios brasileiros e, mais tarde, por outros países latino-americanos, tendo alguns municípios portugueses já iniciado também a aplicação deste instrumento de gestão participativa.

Conhecem-se os desafios que o actual quadro regional e nacional coloca às autarquias locais. Torna-se, por isso, cada vez mais necessário responder aos problemas das populações, comunicar eficazmente as medidas tomadas e aferir o seu grau de aceitação ou lançar o debate público sobre questões consideradas estratégicas para as autarquias.

A emergência de um novo paradigma de desenvolvimento, baseado nas questões da participação e do envolvimento das populações, da sustentabilidade e do planeamento, desafia as autarquias a fazerem uso de competências e de meios adequados.

A aplicação da metodologia do orçamento participativo, que responda àquele paradigma, implica um dispositivo de comunicação e consulta às populações. A preparação dos instrumentos previsionais (orçamento, grandes opções do plano, plano plurianual de investimentos) neste primeiro ano de mandato pode ser decisivo para o êxito do mesmo.

Vamos ver quantas e quais as autarquias que avançam com instrumentos e metodologias que assegurem a participação das populações na sua gestão, cumprindo uma promessa eleitoral que praticamente todas fizeram.

Ou será que a prometida “gestão participada” não passou de um promessa, ou seja, do blá, blá que a imagem mostra?...

Eucalipto

"Cavaco é como um eucalipto: provoca aridez à sua volta" - Miguel Cadilhe na Visão.

Quem melhor podia fazer uma afirmação destas do que alguém que o conhece bem.

Será que alguém quer que que Cavaco seque o resto?!

Morreu George Best

Uma das lendas do futebol britânico e mundial, George Best, considerado o quinto Beatle, morreu esta sexta-feira aos 59 anos.

Em nove anos no Manchester (foi titular do United aos 17 anos), Best, que nasceu na Irlanda do Norte (37 partidas e nove tentos), fez 180 golos (474 JOGOS), apesar de jogar como extremo direito. Em 1968 foi eleito o melhor jogador da Europa, ano em que conquistou a Taça dos Campeões Europeus.

in DD

Mário Soares não tem dúvidas de que vai vencer as eleições

Esteve ontem em Beja numa sessão com jovens do Instituto Politécnico de Beja, onde falou do desemprego e da actual situação do país e explicou os motivos da sua candidatura. Respondeu ainda às perguntas dos jovens sobre vários temas como é o caso da regionalização, tendo explicado porque é que não concorda com este processo em Portugal.

Aproveitou para sublinhar que Jerónimo de Sousa tem "toda a razão" quando diz que, se Cavaco Silva for eleito, "ele e os trabalhadores não dormirão descansados, porque se lembravam do que aconteceu no passado. Eu também não dormirei e quero dizer aqui que estou de acordo com ele", ouvindo um dos aplausos mais efusivos da tarde.

Exortou os jovens ao "inconformismo", alertando para a importância de serem eles a lutar contra a crise e o pessimismo que estão instalados no País, prometendo ser o garante da defesa dos direitos constitucionais da juventude portuguesa.

Cavaco Silva perde terreno

O barómetro da Marktest para o DN, concluiu:

Cavaco Silva ------- 44% (48,8% no mês passado)
Manuel Alegre ------ 14,6%
Mário Soares ------- 10,6%
Jerónimo de Sousa -- 4,9%
Francisco Louçã ------ 4,6%

Os indecisos passaram de 9,5% em Outubro para 13,3% este mês.

Os eleitores do PS estão divididos: 31,3% dizem votar em Mário Soares, 28,5% em Manuel Alegre, 20,1% em Cavaco Silva, 4,5% em Francisco Louçã e 10% dizem-se indecisos.

Pág. 1/5

Comentários recentes

  • Anónimo

    E não é só o hospital, a cidade e a região também ...

  • Anónimo

    Afinal é ou não verdade que o Hospital de Beja “co...

  • Zé LG

    Contactando a CMB. Mas atenção à data da notícia.

  • Anónimo

    Servirá sobretudo e na melhor das hipóteses, para ...

  • Tania

    Como posso fazer e pedir informações sobre como al...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds