Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Governador Civil

Zé LG Zé LG, 28.02.05
Como é natural, já se começou a falar de nomes para Governador Civil de Beja.
Se quizer, deixe aqui o(s) nome(s) de quem, no contexto saído das recentes eleições, acha que melhor poderia desempenhar essa função.

Autárquicas já mexem

Zé LG Zé LG, 26.02.05
Em Alvito as autárquicas já começam a agitar o meio. Há quem convide quem sabe que não aceita o convite numa tentativa de evitar a sua participação noutras listas... Crescem os boatos...Fala-se em listas de independentes...Os partidos agitam-se...
A eleição de qualquer um deve ser entendida como uma responsabilidade para servir as populações.

(in)coerências

Zé LG Zé LG, 25.02.05
Sempre achei que uma coisa que dificulta o diálogo e o relacionamento entre as pessoas é a dificuldade que muitas têm de se concentrarem no que está em causa em cada momento e de trazerem tudo "ao barulho". Por isso, sempre me esforcei por, em cada momento, saber o que é essencial. Assim, se está em discussão o funcionamento do meu partido manisfesto o que penso sobre o que penso sobre ele, mesmo que não seja simpático ou correcto no entender doutros camaradas, mas se está em causa uma batalha eleitoral concentro-me na defesa das posições do meu partido e procuro mostrar o que têm de errado ou perigoso os outros. Para mim discordar e procurar alterar o que considero que não está bem no meu partido não significa que esteja contra ele, antes pelo contrário. Se algum dia chegar à conclusão que este partido já não corresponde às minhas expectativas de mudança da sociedade abandoná-lo-ei. Aos que insistem em dizer o que devo fazer, em catalogar-me e em por-me rótulos recordo que o meu caminho é o que eu escolho e não o que eles escolhem.

Resultados eleitorais em Alvito

Zé LG Zé LG, 23.02.05

Inscritos - 2121 - (2162)

Votantes - 1402 - 66,10% - (1287)
Abstenção - 719 - 33,90% - (875 - 40,47%)
Brancos - 25 - 1,78% - (19 - 1,48%)
Nulos - 12 - 0,86% - (11 - 0,85%)

PS - 47,08% - 660 - (515 - 40,02%)
PCP-PEV - 24,54% - 344 - (309 - 24,01%)
PPD/PSD - 15,62% - 219 - (310 - 24,09%)
B.E. - 4,07% - 57 - (22 - 1,71%)
CDS-PP - 3,28% - 46 - (65 - 5,05%
PCTP/MRPP - 2,07% - 29 - (26 - 2,02%)
POUS - 0,14% - 2 - (1 - 0,08%)
PND - 0,36% - 5
PNR - 0,21% - 3
(6 - 0,47% - PPM)
(1 - 0,08% - P.H.)
(2 - 0,16% - MPT)

Entre parênteses indicam-se os resultados de 2002.













STAPE / ITIJ 2005

Também ele...

Zé LG Zé LG, 21.02.05
blog_pauloportas.gif
Afinal, também ele se demite! Como vai longe o tempo do "eu fico!"...
Depois de tanto ter criticado Guterres e Ferro Rodrigues por se terem demitido, foi agora a vez dele se demitir. Fez bem porque não alcançou nenhum dos objectivos que traçou e para bem de Portugal e dos portugueses. Só é pena que o PP não tenha descido mais e que não tenha passado a 5º partido... Fazia-lhes bem.

Agora é só governar

Zé LG Zé LG, 21.02.05
SIC_socrates_nao_suspeito[1].jpg
O PS alcançou o seu grande objectivo: a maioria abslotuta. Está de parabéns.
Agora é só governar bem para tirar o país do pântano para onde o atirou em 2001, corresponder às esperanças que o eleitorado, mais uma vez, depositou nele e mostrar que o PS com José Sócrates à frente é de confiança.
Agora não há desculpas! - Têm o que pediram e disseram que precisavam para melhorar o país e avida dos portugueses, principalmente dos que mais precisam.
Contam com a esperança ou, pelo menos, com o benefício da dúvida dos portugueses.

Esquerda derrota a direita

Zé LG Zé LG, 21.02.05
Os 3 partidos da esquerda subiram e os 2 partidos da direita desceram nas eleições de ontem.
O PS foi o grande vencedor absoluto com 45% da votação, com mais 517 497 votos e mais 25 deputadosdo do que em 2002. Só não ganhou em Leiria e na Madeira.
A CDU, resistindo e invertendo a tendência de perda, obteve 7,6% e mais 53 510 votos e mais 2 deputados e recuperou o 3º lugar.
O BE, com grandes avanços nas cidades e na juventude, alcançou 6,4% e mais 214 763 votos e mais 5 deputados.
O PSD foi o grande derrotado com 28,7%, tendo perdido 542 308 votos e 30 deputados.
O PP desceu para 7,3% e 4º lugar, tendo perdido 60 561 votos e 2 deputados.
A votação atingiu os 65%, contrariando a subida da abstenção, que se vinha a registar.
As esquerdas alcançaram 59% e a direita ficou-se pelos 36%.
Uma palavra final para as sondagens, designadamente as que aqui publiquei, que se aproximaram muito dos resultados. Também aqui a direita foi derrotada ao por em causa estes estudos.

Observação: estés resultados são provisórios. Faltam 2 freguesias, que fizeram boicote, e os círculos do estrangeiro.

Agora é consigo...

Zé LG Zé LG, 18.02.05
Pense bem antes de votar! Avalie se é bom para o país e para o povo portugês ter um partido com maioria absoluta. Não se esqueça! - as melhores leis foram aprovadas sem maioria absoluta de qualquer partido na Assembleia da República.

Regionalização

Zé LG Zé LG, 17.02.05
No distrito de Beja, nestas eleições, apenas a CDU e o BE defendem a regionalização e a criação da região administrativa do Alentejo.
O PS, a nível nacional, promete avançar com a descentralização na base das actuais CCDR nesta legislatura, deixando para depois a regionalização.
O PS do distrito de Beja, que tanto falava na defesa da região do Baixo-Alentejo, deixou de defender a regionalização e acomodou-se perante a promessa da descentralização para o Alentejo... Agora passou a falar na centralidade de Beja... É a FBA do PS a dançar conforme as conveniências do momento...

Pág. 1/2